Minha lista de blogs

segunda-feira, julho 24, 2017

Vazamentos janelas

O  Colônia
Esse Edifício que moro foi construido há uns 52 anos.
É maravilhoso.
São 2 aptos por andar.
Os aptos são bem grandes e tem uma vista maravilhosa para a Praia.
Mas nesse período de chuvas de vento, o lado que moro, vira um terror.
Entra água por todas as brechas das janelas.
As chuvas de vento "atacam" o lado do nosso apto.
Não entra água pelas janelas da frente. 
Mas nosso quarto quase vira uma piscina.
Aliás, todos os aptos do nosso lado, o melhor lado do Edifício.


Silicone
A colocação de silicone é uma constante, nesses anos todos.
Mas depois de um tempo o silicone e mais coisas que são colocadas ressecam e aí não adianta de nada.
Hoje, decidimos que vamos trocar todas as janelas onde tem vazamento.
Já fizemos o orçamento.
Quem quiser que me acompanhe (proprietário).
Lógico que as janelas não podem ser diferente, nós sabemos.



Goteiras, como nas lembranças de Fernando Sabino e nas minhas.
Daí lembrei que nesse livro de Fernando Sabino, com sua lembranças de infância ele faz referencias as goteiras que tinha na casa dele, quando chovia.
E é igual a primeira casa que nosso pai comprou.
Era horrível.
Era tanta goteira que não tinha bacia suficiente para recolher a água que caia do nosso telhado.
Nem pano suficiente para enxuga-las.
O livro
Eu sempre achei que a culpa fosse de papai que não sabia contratar pessoas competente para tirar as goteiras.
Agora sei que não.
Desculpa, papai.
Liliane

22 comentários:

Patricia Merella disse...

Liliane,ninguém mereces acordar para enxugar a casa com goteiras. Eu passei por isto na infância na casa da roça de papai e cá na Bélgica à 3 anos atrás,que sufoco. Cá foi a clarabóia que tenho no teto,o revestimento estava gasto.Entrou tanta água na madrugada que eu e marido ficamos assustados. Graças a Deus Que foi resolvido.Boa sorte aí e boa semana,beijinhos

Lete disse...

Oh, que aborrecimento... espero que a situação se resolva. Felizmente nunca passei por isso, mas imagino a preocupação e o desassossego.
Faz muito bem em mudar as janelas.
Então, muito boa sorte. Aguardo boas novas! :)

Montana disse...

Liliane, é muito aborrecido. O melhor mesmo é substituir as janelas deixando iguais às originais mas com outro material que não deixe passar a água.
O prédio é bonito e os apartamentos devem ser muito espaçosos.

Quanto ao encontro com a Gracinha ser muito rápido aconteceu que a mais nova resolveu fazer uma birra e para evitar mais aborrecimentos acabei por vir logo para casa.

Beijinhos.

✿ chica disse...

Um transtorno isso! Que coisa! bjs,linda semana e boas obras! chica

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... uma das casas onde morei quando era criança tinha tanta goteira que tínhamos que dormir os três irmãos na mesma, cama, rsrsrs
Não levei muita roupa não, mas na previsão do tempo iria fazer muiiito frio e aí levamos casacos, não usamos quase nada, rsrsrs que raiva!!!
Beijosss

Fátima Oliveira disse...

Espero que se resolva com as novas janelas, eu sei como é desagradável isso, tive problemas com uma calha no ano passado, mas ainda bem que deu tudo certo e ficou tudo sem vazamento neste ano.
Beijos

lenalima disse...

Só descobri que silicone resseca porque meus espelho do banheiro caiu....
e a cabeceira da cama também...agora parafuso tudo!

esse edifício é grande hem/?

Bruxa do 203 disse...

Adorei como você escreveu! Quantas referências. até um dos meus livros preferidos da infância!

Não sabia que existia goteira na janela. Que coisa mais chata! Detesto ter que mandar trocar ou concertar coisas em casa e tenho uma fila de reparos para serem feitos!!!!!

Pedrita disse...

é lindo mesmo. realmente o vento entra mesmo. aqui tb. ah, esse livro tem um filme maravilhoso. vc vai gostar. beijos, pedrita

O meu pensamento viaja disse...

Isso é horrível. Tem que haver uma solução. Acho que mudando as janelas resolverá o problema.
Esses edifícios antigos são bem melhores que os modernos porque têm áreas ótimas. E a localização é fantástica.
Terá que ter muita paciência enquanto devorrem as obras, mas vale todos os sacrifícios. Bj

Luli Ap. disse...

Olá Liliane
Aaaiiiinnn não sabia que entrava água assim por causa da chuva com ventos, deve mesmo ser um transtorno.
mas mesmo assim nada tira a beleza, o charme e o conforto de dois apês por andar e essa vista que é um escândalo de linda :)
Concordo contigo que contratar pessoas é uma dor de cabeça, isso quando a gente encontra um bom profissional, o que também é difícil,e ainda assim são mil coisas para fazer e todas quase sempre desagradáveis.
De-tes-to :/
Amei a referência ao livro <3

aaaaaahhhhh não, não tem votação flor, não é bem um prêmio, ou melhor, é um prêmio "virtual", uma espécie de "selo virtual", vale mais pela oportunidade da gente indicar blogs dos quais gosta.
Eu coloquei o nome do seu blog lá na minha lista dos favoritos, ao lado do da Pedrita, porque aprendo muito aqui e porque você é uma inspiração.

Siiiim eu tb tenho mania de plantar, não tenho muito espaço, mas tenho aprendido bastante com relação as plantas.
Aquela laranja-champanhe é uma espécie blend, tem bastante caldo, conheci por acaso e me apaixonei <3 sou muito fã dos cítricos.
Eu dei sorte de conseguir uma boa muda.
Aaahhhhh com a gatinha e os catíorineos lá em casa é o contrário rsrs
Lana Maria queria fazer amizade com a Ágata (a gatinha) e a gatinha deu uns petelecos nela, com os filhotes da Lana a gatinha até faz carinho com o focinho <3

Um bom dia para você
Bjs Luli
Café com Leitura na Rede


Isa Sá disse...

Está a precisar de obras...

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Pedrita disse...

liliane, aquele ator do filme a garota solitária é o mesmo da professora de piano.

Bell disse...

Gostei da postagem, prédios sempre requerem obras.
Pena que tem moradores que ainda acham que não rs...

bjokas =)

Hugo disse...

Chuva e vento forte é um terror para janelas, principalmente as antigas.

Dependendo do modelo, mesmo se a janela for nova, acaba entrando um pouco de água por causa do vento.

Na praia o vento é sempre forte.

Mrs. Margot disse...

Na minha casa também tive esse problema, não só entrava alguma água como o vento se fazia sentir, troquei as janelas que dão para o exterior e foi a melhor solução.

MRS. MARGOT

Mariazita disse...

Olá, Liliane
O prédio em que vivo deve ser muito semelhante ao seu, até na idade, com a diferença de que não entra água. Mas de vez em quando também é sujeito a obras de manutenção.

Lamento que não tenha gostado da minha postagem. A verdade é que agradar a todos nem Jesus Cristo conseguiu...

Afinal... não se fez minha seguidora... Pelo menos não vejo seu rostinho lá no painel de seguidores...

"Ver-nos-emos" em Setembro.
Até lá desejo dias muito felizes.

Continuação de boa semana.
Beijinhos
MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

Os olhares da Gracinha! disse...

Liliane realmente o ideal é apostar em janelas que não deixem entrar a água!!! Bj

Mona Lisa disse...

Fazes bem em trocar as janelas, pois o silicone não resolve para sempre.

Imagino o transtorno causado.

Beijinhos.

redonda disse...

Vou procurar o livro...

Maria Alice disse...

Liliane tenho trauma de goteiras. Na casa de meus pais apareceu uma ,meu pai ficou de arrumar. Parou a chuva esquecemos a goteira.No topo do armario onde ficava a esquecida goteira guardei meu album com fotos dos Kennedy, que fazia nessa epoca. Colava em cartolina preta, toda linda. A chuva, na verdade um diluvio, que quase destruiu a cidade veio sem avisar, eu estava no ginasio e meus pais em um velorio. Acabou com minha coleção. Chorei muito, mas muito mesmo

Ana Freire disse...

Como esses problemas, também me são familiares!
Tenho uma casa próximo do mar, que mais parece um aquário! Todas as paredes externas, são feitas de vidro, praticamente... quase só janelas de alto a baixo...
E os estores... com furos do granizo do Inverno?... E ressequidos do Sol de Verão?
De quando em vez, têm de ser trocados...
Bjs
Ana