Minha lista de blogs

segunda-feira, dezembro 31, 2007

Happy New Year


Feliz ano novo, dia novo, é o que sempre desejo a quem quero bem.
A quem não quero bem, não desejo nada.
Não faço planos nem tenho projetos de longo ou até médio prazo.
Planos e projetos, se tenho ou quando tenho, são para já.
Nada de sonhar com coisas que não tenho condições de fazer. Isso é idiotice pura. Sonhar tem que ser de pé no chão.
Mas, quero e vou continuar amando a América do Norte.
E quero continuar amando tudo de 1º mundo.
Quero que a filha da minha filha que chega em fevereiro venha linda e inteira.
E que um filho ou filha de meu filho, chegue ainda este ano.
O resto é esperar que esse plantão de hoje a noite no SAMU seja tranquilo para mim e para todos.
Liliane

domingo, dezembro 30, 2007

Os embalos de sábados à noite

Este e o convite para festa que minha irmã Aninha e o marido Marcos, estão organizando para a próxima 6º feira, 04/01.
Na casa de mamãe.
A casa de minha mãe é alegria pura quando reúne os filhos todos. Todos alegres e barulhentos.


Ano passado, na mesma época, minha irmã organizou a festa OS INCRÍVEIS ANOS 60.
Foi uma delícia de festa.
Dançamos e dançamos.

Aluguei uma roupa de época e brilhei.
Ganhei um dos prêmios.


Minha roupa estava bela e eu me sentia poderosa com aquelas lindas luvas preta e meus óculos de gatinho.

A festa foi maravilhosa.

Esta, vai ser também.
Quero brilhar novamente.




Liliane

quinta-feira, dezembro 27, 2007

Vigia ou dorme.

Nas minhas idas para o trabalho, as 05.30 h, encontro pelo caminho vigias e vigias dormindo e dormindo.
E os vigias que encontro no caminho não se parecem com o segurança aí do desenho.
Hoje encontrei um carro da polícia com os 2 soldados, também dormindo.
O vigia do meu edifício dormia menos quando havia uma discoteca em frente a nossa portaria.
Ele se distraia com a entrada e saída de clientes.
Eu gostava até porque adoro barulho, gente, luzes, movimento.
Os moradores idosos reclamavam. Aliás, reclamam de tudo. Nem parece que já foram moços e barulhentos.
Sei como é difícil resistir ao sono.
Mas, é assustador.
Liliane

quarta-feira, dezembro 26, 2007

A candidata





Faz tempo que procuro uma empregada doméstica.

Empregada de verdade.

Para usar o novo e lindo avental . Como esse da foto que fiz e dei de presente.

Porcaria de empregada, nem de graça eu quero.

Empregada sem qualificação, aqui em casa não entra.

Aí hoje recebo telefonema da empregada do meu amigo dizendo que tinha uma candidata.

Ela: A empregada que arranjei está aqui.

Eu: Oba! Como é o nome dela?

Ela: Como é seu nome? (falando para a candidata) O nome dela é Socorro.

Eu: Ela é sua conhecida e vc não sabe o nome?

Ela: É que eu só sou sei o apelido dela, Dozinha.

Eu com meus botões: Socorro ou Mª das Dores, aqui não entra. Socorro com apelido de Dozinha não deve prestar.
Bom, mas troco o nome dela para, quem sabe, Creide ou Craúdia.

Eu: Põe ela no telefone.

Dozinha: Alô?

Eu: Quantos anos vc tem? Sabe cozinhar?

Dozinha: Tenho 18. Cozinhar o que?

Eu: Cozinhar o que? Cozinhar.

Eu: (sem paciencia e com vontade de dar um soco pelo telefone) Olha já vi que vc não tem a qualificação que eu preciso e eu não quero e nem vou ensinar. Chama a Solange.
Eu: Como é que vc indica uma pessoa de 18 anos que não sabe fazer nada e que vc nem conhece?
Solange: Pelos 18 anos não, que eu comecei a trabalhar com 14 anos.
Eu: Eu comecei com 13 anos e sei cozinhar. Deixa para lá! Não estou interessada.
Desliguei o telefone.

Tem jeito não. O povo aqui é preguiçoso, indolente e acomodado.

Vá bater n´outra freguesia, Dozinha.
E eu vou continuar minha procurar.
Liliane

domingo, dezembro 23, 2007

Sandália dourada



Eita sandália linda!!!!!!

Foi assim que ontem fui para reunião de Amigo Secreto no apto de Therese/Jayme, em frente ao mar de Boa Viagem.

Vê o tamanho do salto.

Voltei para casa com os pesinhos em braza.

Fazer o que? Adoro sandálias altas.

Liliane

sexta-feira, dezembro 21, 2007

quinta-feira, dezembro 20, 2007

Meu lençol de cetim


Tive uma surpresa ontem, maravilhosa surpresa, quando fui dormir e vi a cama forrada com meu lindo e gostoso lençol de cetim.
Fazia tempo que não lembrava de usa-lo.
Vilma, faxineira, é quem fez a escolha.
E eu adoreiiiiiiii.
Liliane

domingo, dezembro 16, 2007

No telefone



O telefone acabou de tocar.

Eu: Alô?

Ela: Qual é o preço do aluguel?

Eu: Não. Aqui não tem preço de aluguel. Não está para alugar.

Ela: E como tem escrito na "praca"?

Eu: Aqui não tem "praca".

Ela: Desliga.......

Penso com meus botões: Só pode ter sido uma "Creide" ou a Cráudia".

E ainda quer um emprego ganhando bem, viu?

Qualificação, não tem. Acha que não precisa.

Liliane

quarta-feira, dezembro 12, 2007

Quero comprar.

Quero ganhar ou até comprar, se o preço estiver bom, tempo e insônia.
Quem tiver, please, avise-me.
Tenho coisas demais para fazer, livros para ler, dvds demais para assistir, etc, etc e não consigo tempo.
Para complicar, durmo bem demais.
Não quero ter sono.
Não quero dormir.
Perco tempo com esse computador que continua lesma e o técnico não descobre o defeito.
E o tempo que já é curto, fica mais e mais curto.
Por que não paras relógio.
Quem lembra dessa música?
Quero insônia.
Que venha noites de insônia. Algumas noites de insônia.
Liliane

domingo, dezembro 09, 2007

Enfim, acabou




Enfim , acabou, nesta 6º feira, 08/12, os serviços de reforma que fiz na cozinha e área de serviço do nosso lindo e gostoso apartamento.
Foto de um pedaço da cozinha e foto da sala depois da bagunça que fica a casa da gente numa situação dessa.
Sempre gosto de voltar para minha casa depois de um dia de trabalho. As vezes até saio de casa só para ter o prazer de voltar para o canto de que tanto gosto.
É bom demais.
O bom, muito bom também, é que minhas gatas de 4 patas puderam sair da "prisão" em que foram colocadas neste período de reformas.
Agora elas circulam livres, leves e soltas na área de serviço.
A cadela Lana, também se sente feliz sem a presença de estranhos na casa, eu presumo.
Estarei "plantonando" nas noites de 24 e 31 de dezembro.
Eita lasqueira!
Faz parte do ofício. Mas, que é horrível é.
Liliane

segunda-feira, dezembro 03, 2007

My new door

A porta linda e personalizada que mandei fazer para área de serviço.
Foi instalada em portal de granito.
Ficou bela demais.
Meu marceneiro é nota 10.
Não é mesmo linda?
Liliane

sábado, dezembro 01, 2007

As gatinhas e o condutor


Esse moço aí, com a farda do SAMU e um colete cheio de bolsinhos é meu colega no SAMU.
A foto deste condutor foi para registrar esse colete que ele desenhou e mandou fazer para usar no trabalho.
Nos bolsinhos, tem de tudo.
Ninguém deixará de ser atendido por falta de material.
Ele é nosso instrutor em cursos organizados no SAMU.
As gatinhas foram cirurgiadas.
Quando voltamos das cirurgias, deixei-as trancadas no banheiro de empregada porque minha casa (cozinha e área de serviço) continuava em obras.
Elas não deveriam circular por entre os pedreiros e a poeira que continuava grande.
O espaço era pequeno e a ventilação também. Mas, deu tudo certo.
Ontem, 6ª feira, quando voltei do plantão, pude solta-las.
É lindo vê-las andando na área de serviço, agora já limpa.
Estou participando de uma amigo-secreto coordenado pela querida Luci Rosana(www.100querer.blogspot.com).
Estou ansiosa para ganhar meu presente.
Ainda não dei a sugestão. Mas, já vi a sugestão de quem tirei.
Dia 03/12 é aniversario de Zana do www.stardust.blogspot.com
Zana que não tem atualizado o blog.
Parabéns, querida Zana
Liliane


segunda-feira, novembro 26, 2007

Histerectomias







Amanhã, 3ª feira, 27 de novembro, as gatinhas lindas, serão histerectomizadas.
Assim, a caçula linda Ana Cecília, em pose no degrau da escada, a preta dengosa Samantha e a gordinha carinhosa Sara Jéssica, estarão livres de ficarem grávidas e de terem TPM (risos)
Vão recuperar rápido e sem problema.
Já mandei fazer essa cirurgia na minha cadela Cristina que vive no estacionamento lá do Hospital e em Bob Esponja e Leonardo, meus cães lá do estacionamento do Hospital.
E viva a cirurgia!
E viva Wandilson, veterinário.
Liliane

terça-feira, novembro 20, 2007

Louras


Hoje é dia de "consciência negra."
Não sei porque ou para que isso.
Deve ser alguma coisa carnavalesca.
Quero saber é quando vai ser o dia da "consciência loura."
Ou se tem esse dia. Essa comemoração.
Ou então, vou me sentir descriminada.
Liliane

sexta-feira, novembro 16, 2007

Já é Natal


Já é Natal no Shopping Center Recife.

segunda-feira, novembro 12, 2007

Lesma


É assim que está meu computador.
Uma lesma.
Tentar ler blogs virou problema.
Não posso ficar esperando abrir a página, se o tempo não espera por mim.
Demora até no word.
Tudo lento.
Diferente de mim.
E acho que o técnico que me dá suporte, não está sabendo resolver.
Faz tempo que reclamo disso, a ele.
Ninguém merece, né?
Liliane

quinta-feira, novembro 08, 2007

Lúcio-frentista


Gosto de rotinas.
Aliás, gostar é pouco.
Eu adoro rotinas.
Uma delas é encher o tanque de combustível do meu carro sempre no mesmo Posto, sempre com o mesmo frentista e sempre no horário de 5.30 h da manhã, na minha ida para o Hospital, onde trabalho.
Quem me atende é o Lúcio.
Ele sabe do meu medo de assalto. E sabe também que nunca fui assaltada. Ainda.
E o Posto, que fica no meu caminho, está próximo, bem próximo de uma favela barra pesadíssima.
Liliane

quarta-feira, novembro 07, 2007

Caos em casa/Pão delícia




Veja os caos que está na minha sala, na foto daí de baixo, desde que resolvi fazer uma troca de cerâmica das paredes e pisos de área de serviço e da cozinha.


Vai ficar lindo, eu sei. Breve vou esquecer.


Mas, esse período de caos doméstico, realmente é um horror.


Ontem, comer alguma coisa em casa, foi difícil.
E eu estava muito cansada do plantão da noite de 2º feira.
Nunca canso.
Ou nunca digo que estou cansada.
Mas estava cansadíssima. Me arrumando para


Daí, minha amiga Francy convidou para comer um pão feito pelo marido Carlos.


E lá fomos nós, eu "caindo pelas tabelas", comer o pão da foto lá de cima.
Aproveitei e acarinhei minhas gatas lindas de 4 patas.
Liliane















domingo, novembro 04, 2007

Pé na sandália

Essa bela sandália devo ter comprado há uns 4 anos.
Não sei qual o problema que ela tem por não me fazer ter um andar decente e bonito.

Ontem usei.
Precisei me segurar em alguém para não me estrambicar no chão. Ou fazer uma entorse nos pés.
Não, não tenho certeza.
A certeza que tenho é que ela é lindaaaaaa.
Meu pé, bem cuidado, é delicadinho.
Liliane

quinta-feira, novembro 01, 2007

Saudades


Estou fazendo reformas na cozinha e área de serviço.
As gatas de 4 patas, estão hospedadas, enquanto isso, no apto dos tios Francy e Carlos. Posso vê-las sempre que puder.
Mas, sinto uma falta grande de ouvi-las miar de alegria cada vez que escutam minha voz.
Ou de vê-la ficar em pé na cadeira esperando pedaços de queijo ou presunto

Ainda não aprendi a colocar as fotos e escrever o texto.
As vezes sai desarrumada.
Como deve ficar agora. Sei lá.
Liliane

quarta-feira, outubro 31, 2007

Leite longa vida


Mesmo morando aqui, vivendo aqui aos trancos e barrancos, custo acreditar que algum dono de industria tenha mandado colocar, ou misturar ao leite, água sanitária ou soda cáustica.
Não, não acredito.
Isso só pode ter sido feito por algum funcionário (a) desequilibrado e que precisa ser identificado e punido. Rigorosamente punido.
Se isso não acontecer, certamente ele ou ela vai "aprontar" num outro local onde vá trabalhar.
Bom, punido é meio difícil.
A Polícia identifica e prende. Viva a Polícia.
Permanecer preso, aí é que é difícil.
A (in)justiça anda pior que tartaruga.
Liliane









segunda-feira, outubro 29, 2007

Halloween




Fiz uma roupinha para minha gata linda e gorda(nem gosto de coisas gordas), Sara Jéssica vestir e usar no dia de Halloween.
Tem sido um terror fazê-la experimentar a roupa.
Mas eu vou insistir.
Sei que as outras filhas de 4 patas ficaram cheias de ciumes.
Eu também ficaria.
Sara Jéssica é linda de todo jeito. Eu acho. Mas, fantasiada, vai arrasar.
Liliane

sexta-feira, outubro 26, 2007

A festa do Hospital

Houve festa no Hospital.
Para comemorar os muitos anos de vida e de trabalho.
Histórias e mais histórias tem nosso Hospital.

De repente, no meio dos convidados, aparece 2 europeus lindos.
Esse é um deles.
Foi um alvoroço só.
Até as pacientes do P.A.I(Programa de atenção ao idoso) se excitaram.
Muito, muito bom.
E a festa continuou.
Liliane



quarta-feira, outubro 24, 2007

terça-feira, outubro 23, 2007

quinta-feira, outubro 18, 2007

Essa tropa é a melhor.


Não gosto de filmes nacionais.
Conta-se nos dedos de uma das minhas mãos os filmes nacionais que assisti. Muito pouco mesmo.
Mas, acho que ia adorar esse Tropa de Elite, só pelo que tenho escutado falar.
Policiais sérios(tem um monte deles nas Polícias) bem equipado e que trata bandido como marginal e usuário de drogas também como marginal.
Não falta nada para eu gostar.
Vou tentar locar quando chegar nas locadoras. Fitas piratas, tô fora.
Liliane

sábado, outubro 13, 2007

Filho da puta

Ontem, no plantão, um filho da puta, ligou de celular informando um grave acidente de atropelamento com 5 pessoas por um caminhão, no terminal do bairro de Nova Descoberta.
Um bairro feio, de ruas feias e gente mais feia ainda.
Mandamos 5 viaturas, inclusive 2 UTIs.
Era TROTE.
Esse filho da puta vai se lascar porque será denunciado.
Todas as solicitações são gravados.
Anotamos tudo.

É como a gente diz: "O SAMU é um serviço de 1º mundo para um povo de 10º mundo."
E viva o SAMU!
Liliane

quinta-feira, outubro 11, 2007

Sêca

É de cortar o coração, como diz minha mãe, essas imagens da sêca no Piauí.

Vota neles, vota nos mesmos que nada, nunca, vai mudar.
Liliane



quarta-feira, outubro 10, 2007

"Filólico"(risos)

" A corrupção é coextensiva de inflação normativa tal que a insegurança jurídica assim produtiva pede a correção suplementar, por meio de derrogação permanente do ordenamento. Isto é: mais atalhos e desvios, por sua vez multiplicadores de pedágios, recomeçando a ciranda dos ilícitos banalizados. -Paulo Arantes(transcrito da VEJA ESSA, da VEJA nº2029)


Alguém entendeu?
Não. Nem eu nem ninguém.

Liliane

O que será?

Não sei o que está acontecendo com este blog.
Sei que aparece o que escrevo nos computadores dos outros. E até no meu notebook. Mas, aqui nesse computador do meu quarto, o blog parou dia 30/09.
Que doidice é essa?
Quero ler os blogs dos conhecidos, fazer comentários e não consigo. Parou tudo, naquela data.
Quero mandar um recado para Susana, do www.holandaeeu.blogspot, que hoje ou ontem sacrificou o lindo Pelé.
Os textos do Jôka, o Hiran, a Donaella/Donatella pararam no tempo.

Eu hem! Sei lá o que é isso.
Help meeeeee.
Liliane

segunda-feira, outubro 08, 2007

Madson e Douglas


Os vendedores do Armazém Coral, Madson o mais alto e Douglas.
Aniversariantes do mês.
As coisas que escrevi no mês de Novembro não estão aparecendo por aqui.
Quem me ajuda? O que será isso?Para variar, comprei um teclado novo e estou toda, todinha enrolada, para digitar.
Minha impressora HP multifuncional foi pro brejo.
Lá vem despesas.
Liliane

domingo, outubro 07, 2007

Máscaras e máquinas digitais


Comprei essa máscara linda, eu acho linda, numa feira de artesanato aqui em Recife.
Eu estava passeando com a minha amiga Joana que mora em Moema-SP.

Apaixonei de cara com várias máscaras.

Comprei somente 4.

Custaram R$ 4.00, cada. Isso mesmo. R$ 4.00.

Ainda estou arrependida de não ter comprado todas.


Em SP encontrei as mesmas máscaras e no mesmo tamanho por R$ 25.00. Tô fora. Caras demais.

As minhas máscaras são da cidade de Bezerros.

E eu, faz tempo, estou atrás de alguém que vá para Bezerros e traga um monte de máscaras para mim.


Agora cansei de esperar e vou chamar Francy e Carlos para fazermos essa viagem. Viagem pequena. Ou quem sabe Yara e Guilherme?


Eu acho que máscaras tem vida. Uma vida delas.

Minhas máscaras enfeitam o hall de entrada do meu lindo apartamento.

Quero encher o hall, com elas.
Eu agora tenho 3 máquinas fotográficas digitais.
Cada uma mais linda que a outra.
Estou amando as 3.
Eu amo tudo que eu compro. Tudo mesmo.
Liliane

quinta-feira, outubro 04, 2007

Um jarro com manjericão


Estou a procura de um jarro com manjericão.
Um manjericão bonito e cheiroso como o que comprei na feira livre de Moema-SP e presenteei Marisa e Zé Hugo.
Ainda não encontrei.
Estive numa feira livre aqui em Recife mas sai assustada de tanta gente feia e mal encarada que encontrei.
E eu não gosto de gente feia e mal encarada. Tenho medo.
Recife não tem feiras limpas e bonitas como a de Moema ou as feiras que frequentei em Brasília, quando lá morei. Se tem, não conheço.
E eu preciso de manjericão para temperar minhas massas, perfumar e enfeitar minha cozinha.
O jardineiro do Hospital trouxe uns galhos de manjericão.
Mas eles não sobreviveram nem nos jardins do Hospital nem na jardineira que tenho na área de serviço.
Não sei qual o mistério.
Não sei se tem algum segredo nesse plantio.
Quero manjericão.
Liliane

quarta-feira, outubro 03, 2007

Emilia-costureira

Emília, minha querida Emília.

Minha costureira que põe em prática minhas ideias luminosas.

Liliane

segunda-feira, outubro 01, 2007

Chorar


Ontem, fui dormir com vontade de chorar.
Acordei e fui trabalhar e a vontade de chorar não foi embora.
Vou agora "muscular" e espero voltar sem essa vontade que me sufoca.
Hoje é dia de "plantonar" e eu não devo chegar ao plantão com essa vontade. Até já chorei e a chata vontade não foi embora.
Preciso ficar bem.
Vou ficar bem.
Liliane

domingo, setembro 30, 2007

As filhas

Julie Christie e Ana Cecília em pose para os "pais", recem chegados da Jordania.

Beijo, Liliane