Minha lista de blogs

domingo, julho 05, 2020

A mulher das dores






Na época que fazia Academia, nunca, nunca mesmo vivi o meu dia sentindo dores.
Agora tenho dores em todas as articulações possíveis e imagináveis.
Essa Pandemia veio mesmo para lascar.
Amanhã volto a caminhar no calçadão.
Difícil caminhar com uma máscara prendendo a respiração.
Mas não tem outro jeito.
Todo mundo tem caminhado assim e eu vou conseguir.
E se alguém passar junto de mim não vou sair correndo feito louca.
Se "distanciamento" fosse mesmo importante, as Cracolândias (local de usuários de drogas) já teriam deixado de existir.
As vezes penso que estou há mais de 90 dias, isolada, desnecessariamente.

Minha colega cardiologista disse ter passado mal porque tentou correr de máscara.
Não, não vou correr. Vou só caminhar. 
Eu nem parei de fazer exercícios. Fiz o possível.
Estava fazendo exercícios de alongamento logo depois de 20 minutos de caminhada, dentro do apto.
Pelo visto não adiantou muito.

E para "embananar" mais ainda minha cabeça, acho que minha musculatura está toda flácida.
É castigo demais.

Liliane
 

segunda-feira, junho 29, 2020

Amanhecer na Praia de Boa Viagem








As fotos foram feitas hoje no amanhecer, da janela do meu vizinho do lado.
Quase todos os dias trocamos fotos do amanhecer.

Liliane

domingo, junho 28, 2020

Dark - Série alemã da Netflix










Estou assistindo Dark uma Série alemã, da Netflix.
Se estou gostando? Não.
Mas só vi o 1ª Temporada.
Vou hoje começar o 2ª Temporada.
Espero que o domingo seja suficiente para assisti-la e começar a gostar.
Os atores são desconhecidos.
As locações são escuras e sombrias.
Chove sempre e os atores estão quase sempre bem escondidos nas roupas.
As mortes são sempre violentas. 
E as histórias passam em intervalos de 33 anos.
Então a história vai e volta no tempo.

A 3ª deve ter começado pois tenho visto minha irmã empolgada.
Vou assistir toda e depois vejo a Postagem, porque certamente vai ter, do querido Hugo do Blog
(www.cinema-filmeseseriados.blogspot.com) sobre o Seriado.

Liliane

sexta-feira, junho 26, 2020

Esaú e Jacó

Da janela da Clínica do meu querido Cardiologista Milton Garret. Garret agora é só saudades.




Ontem fui para Consulta semestral de cardiologia.
O diferente é que meu querido cardiologista que agora é só saudades.
A cardiologista agora será Gabriella Garret.
E eu quero gostar dela como gostava do pai dela. 

Sempre que preciso sair para qualquer coisa,  levo um livro para ler.
Se tiver oportunidade, leio.
Desta vez, no Kindle, li "Esaú e Jacó", um dos últimos livros escrito por Machado de Assis.
O livro é chato demais.
Não gostei e o tempo que geralmente possa rápido quando se está lendo, passou lento e penosamente. 
Nem sei se vou deixa-lo ocupando espaço no meu Kindle ou se deleto.
Ainda não sei.


Esaú e Jacó é o penúltimo livro do escritor Machado de Assis
Ele foi publicado em 1904, ano de morte de sua esposa Carolina e quatro anos antes da morte do escritor.
O livro conta a história de dois irmãos gêmeos que brigavam desde o ventre da  mãe, como teria dito uma "cartomante" mesmo depois deles já terem nascidos.
Os gêmeos Pedro e Paulo são diferentes em tudo, mesmo sendo gêmeos "univitelinos" é o que dá a entender na leitura.

Liliane


segunda-feira, junho 22, 2020

Érica







Érica está organizando o Detran (Departamento de trânsito) no Shopping, para atendimento ao público e precisa sair assim.
Quando os serviços começarem a funcionar vai usar farda mas os cabelos, os lindos cabelos que ela tem vão ficar assim.
Presos numa touca plástica.
Atender público de máscara atrapalha até ouvir, perceberam?

Eu vou esta semana fazer consulta com a cardiologista e antes vou fazer o Teste ergométrico.
Como vou respirar com a máscara?
Vigemariadoceu!

Liliane

domingo, junho 21, 2020

Olha o tanto de recuperados






Recebi ontem esse "gráfico" da nossa situação diante da pandemia.
Para quem está acostumado a assistir a TV funerária (Globo Lixo) até vai estranhar.
Mas essas informações são reais.
E raramente são divulgadas.
Já se sabe que algumas pessoas quando infectadas tem um evolução devastadora.
Mas por que? Não se sabe, ainda.

Sarita Martins, a médica que me enviou esse quadro teve um irmão com evolução da doença, devastadora.
Coitada da minha amiga.

Liliane

sexta-feira, junho 19, 2020

Castração

Alemão, dormindo pós cirurgia.

Amarela

Leon


Salete, ainda sonolenta.

Ariel

Estou pagando a Castração das gatas e dos gatos de Joselma, irmã de nossa serviçal Clarice.
Já foram castradas 6.
Parece que faltam 2 ou 4.
Fico impressionada como uma pessoa pobre consegue ter cães e gatos.
Porque não é barato alimenta-los.
Nós temos 6 gatas e sei o quanto que custa mantê-los. 
Mas já separamos uma parte de nosso dinheiro para ajudar quem cuida de cães e gatos.
Emília, nossa costureira, por exemplo, mando mensalmente, 25 k de ração para os gatos dela

Joselma trabalhou por muitos anos na casa de minha mãe.
E ainda trabalha 2 vezes por semana na casa de minha irmã.
Quando soube que ela tinha um bando de gatos me ofereci para pagar as castrações.
Eu e minha filha morremos um pouco cada vez que encontramos cães ou gatos abandonados.
Não posso castrar as gatas e os gatos todos do mundo.
Mas os que puder, castrarei. 

Liliane