Minha lista de blogs

terça-feira, abril 23, 2013

Emilía foi assaltada

Recebi uma mensagem no Facebook da minha querida Emília(costureira), hoje de manhã, informando que tinha sido assaltada por um casal de marginal adolescente, numa bicicleta.
Ela estava indo costurar na casa de alguém.
Tomaram a bolsa, o celular e os óculos.
Para quem usa óculos constantemente, ficar sem óculos, tira seu rumo e seu prumo.
Foi assim que ela se sentiu.
Providenciei avisar ao filho dela, Júlio.
Emília com peruca
Ela foi para Delegacia e fez o BO.
Os marginais que roubam celulares encontram pilantras compradores.
E quem compra para mim é tão marginal, quanto quem roubou


A quem interessa que aos 16 anos, o marginal não responda por seus crimes?
Ele não é eleitor aos 16 anos?
Ele serve para votar.
Emília e Clarice com perucas.  







Liliane

23 comentários:

Nil disse...

Que covardia!
O mais importante é que não fizeram algo mais grave com ela, a gente vê e ouve tanta notícia ruim, todos os dias...sei que você não acredita, mas eu, dou graças a Deus, ela está viva!


Anônimo disse...

Ainda bem que nada mais grave aconteceu,Liliane de quem tantas perucas tem nessa casa?Eu acho que vc se diverte com essas mulheres todoas.

Super abraço Marlene-Pr

Lucinha disse...

Liliane,

Coitada da Emília!
O importante é que ela está bem.
Nessas horas, nos sentimos completamente impotentes.
Elas ficaram engraçadas de peruca. Rs

Liliane,

Quanto ao seu comentário: entendo e respeito sua posição sobre doar livros. Mas, têm pessoas que participam comprando livros baratos, e os doando. O importante é incentivar o hábito da leitura.

Beijos

lena disse...

Olá Liliane.
Que situação. Ainda por cima ficar sem os óculos. Pelo menos não lhe fizeram mal. Eu também ando preocupada por que é a segunda vez que tentam assaltar a casa da minha mãe saltando para o quintal, vamos ter que tomar cuidados porque podem lhe fazer mal.
Desculpe ainda não ter respondido a sua pergunta mas como tem estado tudo doente em casa tenho tido pouca oportunidade de fazer visitas e tenho visitado os amigos aos poucos. Não tenho problemas de actualizações com o seu blog até agora, está tudo em ordem.
Beijinhos grandes.

carol guezdan disse...

Barbaridade!!,é muito ruim,que estes marginais não tenham punição.A lei precisa mudar,não sei porque não mudou ainda.Somos os honestos politicamante maltratados,e mal cuidados abandonados e jogados aos bandalos.Políticos não levam em conta que precisam mudar as leis para cuidar dos que pagam seus gigantescos salarios.
Beijinhos Lili.

ANGELA ARTESANATO disse...

Oi Liliane, passando para matar a saudade e dou de cara com esta noticia. Isso é muito revoltante! A cada dia aumenta mais e mais os casos, com menores matando e roubando pessoas inocente e trabalhadoras, e nada é feito a respeito porque são de menor. Eu concordo plenamente com você, se podem votar então poderiam perfeitamente responder pelo seus erros. E quanto a Emília ainda bem que ela está bem e não aconteceu nada mais grave.
Beijos para você e para ela.
Ângela

AnaCristina disse...

coitada da emilia!

M de Maria Ateliê disse...

Oi Liliane,
Tadinha, que susto!
Ele está bem, isso é o mais importante.
Ficar sem óculos é muito chato...
Que tudo se resolva logo.

bjs

Ana Maria Braga disse...

Imagino o susto. Dá vontade mesmo de reagir, mas o melhor é se conter do que morrer.
Bjs

Anônimo disse...

Thіs piece of writing is actually a fаstіԁiouѕ one it hеlps new
thе ωeb viewers, who are ωіshіng fоr blogging.


Alsο visit my web ѕite: http://Www.Sfgate.Com

Toca do trico e croche disse...

Liliane,
triste...mas muito frequente por todo Brasil .
Precisamos urgentemente mudar esta lei...DA MAIORIDADE PENAL.
Grande beijo!

Sonia Faria

Marly disse...

Oi, Lili,

Esta questão do menor infrator já passou dos limites, a minha tolerância já acabou. Acho que já passa da hora de ser feito algo, se a pessoa tem idade para praticar um crime tem idade também de responder por ele!

Beijoca e boa tarde, querida

Art'n'Crochet disse...

Oi.
Só agora pude te responder.
A agulha de furo largo que aparece em um PAP é de tapeçaria nº18.
Existem tamanhos maiores,mas a numeração é ao contrário;quanto menor o nº,maior a agulha.
E tem as apropriadas para usar com lã e fios grossos.
Espero ter ajudado.
Bjs.

Lucineide Cantinho do Fuxico disse...

Tadinha da Emília, deve ter passado o maior sufoco!
Essa roubalheira esta em todo lugar Liliane, aqui também só vivemos trancados. Ninguém quer trabalhar, roubar ficou mais fácil! Muito triste!
Acho que as leis já estão defasadas, tem que mudar. A pessoa a partir do momento que comete um crime, já tem que se responsabilizar por ele.

Mas você põe todo mundo virar loirão por aí né? E elas entram na brincadeira com você. Muito bom!

Beijos

✿ chica disse...

A coisa tá danada em todos os lugares, não é? Pena!! Ainda bem que nada de muito grave! beijos,chica

O meu pensamento viaja disse...

Tadinha da Emília!
A insegurança é realmente um problema grave e muito assustador.
Fiquei com muita pena da pobre Emilia, uma pessoa decente e correta e a quem ninguém protege.

Montana disse...

Olá liliane, Coitada da Emília. Imagino o susto que apanhou.
Realmente a segurança está a tornar-se num problema grave. Em qualquer lado e a qualquer hora podemos ser roubados, assaltados e coisas bem piores ainda.
Bjs.

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... que bom que não fizeram nada com ela, foi só o material, temos um amigo que foi assaltado e ainda bateram nele, é o retrato do nosso Brasil... abraços para a Emília!!! Bjos!!

Lilasesazuis disse...

Puxa!!!

Como é triste e assustadora essas notícias.

Pobre Emília, deve estar apavorada até agora.

Mas, ela está bem, não foi ferida!!!

Estão engraçadas com as perucas...

beijinhos,

Lígia e turminha
༺♥༻༺♥༻༺♥༻༺♥༻༺♥༻

Eva disse...

Lamentável, fico indignada com isso, pobre Emília. Adorei as perucas, mesmo em situações como essa vc dá um jeito de ter uma graça, parabéns. bjos.

Patricia Merella disse...

Ola Liliane
Por esta razão eus into saudades mas n tenho vontade de voltar a viver meus dias na nossa pátria amada.A desiguadade social,o racismo,o preconceito,a falta de segurança,a centralização de renda, intristece muito meu coração.Coitada da Emilia,que ela se restabeleça deste susto tão desagradavel.Sim,tenho lavandas junto das tulipas no canteiro maior ,a macieira esta no mesmo canteiro ,logo que as flores abrirem mas,faço outro post para voçe ver,beijinhos

Zizi Santos disse...

Que susto a Emília passou!
lembro um ditado antigo, que sempre ouvi na infância:
Vão-se os anéis, ficam os dedos.
Mas é revoltante o que esses bandidos aprontam!
Elas se divertem com as perucas! rs
Zizi

Ju disse...

Essa questão de ser protegido porque é menor é uma das mais ridículas e injustas neste país! Me revolto contra isso a cada dia.
Se pode votar, pode muito bem ser punido antes da maioridade legal.
Lamento pela sua costureira. Já fui vivi duas experiências de assalto: uma vez dentro de um ônibus frescão em Salvador, quando fui a um congresso. Os marginais entraram como se fossem passageiros. O ônibus percorreu um curto trajeto e eles se manifestaram com armas em punho. Roubaram tudo de todo mundo. Eu morri de medo e aflição. Consegui somente tirar do dedo o anel de 15 anos que minha mãe me deu e escondi embaixo da coxa. Foi a sorte. Nem sei como consegui fazer isso. Mas o resto, levaram tudo! Depois que saíram, o motorista fechou as portas e saiu em alta velocidade rumo à delegacia. Um horror!
A segunda vez foi quando fui a Porto Alegre visitar minha mãe. Em frente à casa dela, na hora do jornal nacional, dois marginais, também adolescentes, apontaram uma arma para a cabeça do meu enteado que estava no nosso carro ouvindo música. Foi um desespero só. Resultado: levaram o carro comprado há uma semana apenas. Mas Deus foi maior e todos ficaram bem. Isso é o principal e a gente tem é que agradecer, afinal vão-se os anéis e ficam os dedos!
Beijinhos
Ju