Minha lista de blogs

terça-feira, maio 17, 2016

Mommy

Ontem assisti esse filme, no Max. E gostei muito. Gostei tanto que gravei para rever quando tiver oportunidade.
Mostra a relação e as dificuldades de uma mãe viúva com um filho adolescente portador de Distúrbio de Deficit de Atenção(DDA).
Apesar do Distúrbio, Steve demonstra um amor grande pela mãe.
Não conhecia essa sigla mas conheço a doença.
É uma filme Canadense de um diretor (Xavier Dolan) de apenas 25 anos quando fez o filme e que concorreu a prêmio num Festival de Cannes.
Steve
 "A trama aborda a relação entre a viúva Diane (Anne Dorval) e seu filho Steve (Antonie Olivier Pilon). 
O adolescente é hiperativo e sofre de DDA (Distúrbio de Déficit de Atenção), o que o torna extremamente agressivo. 
A mãe tem uma relação conflituosa com o menino, mas tudo muda quando Kyla (Suzanne Clement), a vizinha que sofre de gagueira, se aproxima deles: a doçura de Steve é despertada e Diane deixa de ser uma mãe super protetora para cuidar um pouco mais de si mesma. 
A vida dos três, até então limitada aos seus problemas, ganha uma nova dimensão a partir desta amizade".
Diane e Steve

Diane e Steve
"O Diretor ainda utiliza recursos de direção que conquistam o espectador": 
Eu não fui conquistada por esse recurso.
Achei que a TV tivesse com problema, porque de repente e em boa parte do tempo, as cenas são vistas em tamanho reduzido da tela.
"Como se os personagens tivessem uma visão parcial do mundo. A tela só 'abre' em momentos cruciais, onde o diretor e roteirista coloca Diane, Steve e Kyla com novos pontos de vista para a vida," é a explicação.
Lyka
O filme é bom e bonito.
E os Canais MAX tem bons filmes.
Liliane

14 comentários:

✿ chica disse...

Liliane, tu sempre descobres filmes legais! Parece bem bom esse! bjs, chica

Christiane Garcia disse...

Deve ser uma agonia ter um filho assim. Lá na escola fui designada para dar reforço para os alunos de inclusão. É minha parte favorita do dia. Mas não deve srr fácil ser a mãe.
Quanto ao House imagino que para uma medica esse personagem é medonho. Pq ele é o avesso de tudo o que um médico deveria ser. Entendo pq vc não gosta dele... um bjao para vc

Pedrita disse...

eu vi q ia passar, mas vejo pouco filmes que alguém tem alguma doença. prometo pensar em ver esse. beijos, pedrita

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... eu gosto dos filmes do Max pois são bem alternativos, daqueles que você nunca pensaria em assistir... assisti Nebraska na semana passada e gostei muito... Beijosss!!!

Maria Alice disse...

Boa Noite! Já está na minha lista. Obrigada, beijos

Patricia Merella disse...

Parece muito interessante e o género que gosto. Obrigada pela dica, tenha um bom dia, beijinhos

Patricia Merella disse...

Parece muito interessante e o género que gosto. Obrigada pela dica, tenha um bom dia, beijinhos

Crocheteando...momentos! disse...

Não conhecia...mas vou estar atenta ao título! Bj

Crocheteando...momentos! disse...

Não conhecia...mas vou estar atenta ao título! Bj

Zizi Santos disse...

Uma boa dica de filme!
eu não aproveito o Netflix o quanto deveria!
mas vou me organizar e depois rever sua lista de filmes
esse gostaria de ver, parece muito interessante!

bjs

Montana disse...

Liliane, pareceu-me um bom filme. Se aparecer por cá vou tentar ver.
Bjs.

Debora disse...

Obrigada pela dica! Vou ver se encontro.
O que são os canais MAX? De qual empresa?

O meu pensamento viaja disse...

Deve ser um filme muito interessante e eu gostaria muito de assistir. Oxalá consiga.
Beijo

Mona Lisa disse...

Agradou-me o que li sobre o filme.

Irei ver se o encontro.

Beijinhos.