Minha lista de blogs

sexta-feira, maio 22, 2015

Antonio Maria

Ficamos conversando e descobrindo coisas da vida curta do boêmio Antônio Maria.
Daí lembrei que, comecei uma paixão por ele, quando morava em Brasília.

Antônio Maria, nasceu no Recife e acho que na rua Carneiro Vilela, bairro do Espinheiro.
Acho isso, porque nós morávamos nesse Bairro e sempre que passávamos por lá, minha tia-madrinha dizia: "aqui mora a família de Antônio Maria".
E eu não sabia quem era Antônio Maria.
E, burramente, nunca perguntei.
Eu que perdi.
Ele e Vinícius de Moraes
Além de Cronista ele foi, também, compositor.
Era muito alto e muito gordo.
Tinha uma vida completamente desregrada.
Vinícius e ele.
Descobri que um colega cardiologista leu e se encantou com Antônio Maria.

Numa Feira de Livros em Brasília, na Asa Sul, onde nós morávamos, achei um livro de Antônio Maria.
E foi esse, PERNOITE, que conheci e me encantei com as crônicas dele.
Daí não parei mais.
São crônicas do dia dia, um estilo que gosto muito.
Acho que tenho todos os livros dele.
Crônicas
Se vc não conhece, e gosta de ler, procure conhecer.
Agora, só se acha os livros, em Sebos.

O Disco
Antônio Maria, boêmio, morreu aos 43 anos, de um Infarto Fulminante, numa calçada de Copacabana.

Fiz um vídeo da minha Biblioteca.
Mas, não consegui mostrar como vídeo.
Vai só a foto, embaçada.
Eu consigo achar qualquer livro que esteja catalogado, aqui.
Desde que a serviçal Clarice, não troque a posição do livro nas prateleiras.
Aliás, ela é proibida de mexer.
Antônio Maria, está numa dessas prateleiras.
Minha biblioteca

Liliane

15 comentários:

Lilasesazuis Gata disse...

Liliane, nunca ouvi falar do cronista…vou me informar…nossa, ele morreu muito novo!

Vi no Face o filme da sua linda, maravilhosa, prática, encantadora biblioteca.

Parabéns!!

A minha também está assim, bem enfeitadinha e organizada, sei onde está cada título, porém, está fechada…a poeira por aqui é terrível e o que eu puder esconder do pó, eu escondo…um dia desses me veio a vontade de substituir as portas de madeira por portas de vidro…hummm…acho que na próxima reforma, vou colocar a ideia em prática.

beijinhos e um final de semana bem bonito!

Lígia e =ˆ.ˆ=

lenalima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedrita disse...

ah, que legal, antonio maria. adorei o post. beijos, pedrita

lenalima disse...

Nossa , parece a minha estante, bem organizada e só eu que mexo...não tenho lido nada nesses últimos meses, é o olho , a ansiedade da cirurgia ...enfim estou ficando lenta...kkkkkk
também vi o filme da estante.

Não conheci e nem vi falar do Antonio Maria!

bjsss e abraços!

Apaguei o recado porque escrevi errado!

O meu pensamento viaja disse...

Nunca ouvi falar nesse António Maria, mas fiquei interessada e curiosa.
Beijo, querida

Montana disse...

Aqui em Portugal o António Maria é desconhecido, mas vou fazer uma pesquisa na Net.
Gosto muito do armário e da maneira como tem arrumada a sua biblioteca.
Bjs.

Greyce disse...

Oi, Liliane. Nunca li, vou procurar na internet.

Bjo e bom fim de semana.

Simone Felic disse...

Que pena que os livros so encontram em sebos , cadê nossa história.
bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Crocheteando...momentos! disse...

Não conhecia amiga...mas vou procurar informação!
Gosto de ler crónicas!
Bj amigo

PequenaIv disse...

Liliane, não conhecia Antonio Maria.
Faz uma postagem de Crônicas dele.
Beijo amiga!
Ivete

*

Marly disse...

Oi, Lili.

Eu também sou fã do Antonio Maria, que era um artista à antiga, talentoso e boêmio. Outro dia estava lendo uma biografia dele, em que o biógrafo diz que ele parodiava a música que ele mesmo compôs, dizendo: "Ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de ... Baudalaire", rsrs.

Beijo

Greyce disse...

Oi, Liliane. Vou ver sim. O que está me pesando agora é a minha dissertação. A segunda está sendo mais dificil que a primeira! E o projeto de tese. Tenho q terminar e entregar tudo em junho. Mas depois vou ver sim. Bjo

Veronica Kraemer disse...

Lili querida, vou procurar livros deste escritor. Não o comheço. Morreu muito novo...
Eu queria ver o vídeo, acho linda sua biblioteca!
Beijossssss e um lindo domingo
Vero

Zizi Santos disse...

Oi Liliane
não conheço esse cronista.
Em nosso país, alguns ficam famosos outros nem tanto. O esquecimento faz parte da nossa cultura.
vou procurar conhece-lo
sua biblioteca esta impecável!
aqui, uma baguncinha!

bj lindo domingo

Patricia Merella disse...

Não o conheço Liliane!
A sua estante sempre recheada
de boa leitura,beijinhos