Minha lista de blogs

segunda-feira, abril 13, 2015

Invasão de abelhas

Ontem, logo após o almoço, tivemos uma invasão de abelhas no hall de entrada do edifício.
Foi um terror para o Porteiro de plantão.
Ele viu as abelhas voando de algum lugar e se instalando aqui.
Tentou usar Baygon mas, por sorte, desistiu e se trancou na Portaria.
Ligou para mim e tomou a providência de ligar para os Bombeiros.
Certíssimo.

Frente do Edifício


Não temos preparo para tirar a abelhas que, certamente, estavam tão assustada, quantos nós.
Tentei de todas as maneiras encontrar um serviço, uma associação de apicultores para tirar as abelhas, com vida.
Não encontrei nada.
Os telefones que encontrei pela Internete não atendiam.
Lateral
O jeito foi esperar os Bombeiros que só aconteceu quase as 9 da noite, para extermina-las.
Todas foram mortas.
E eu morri de pena por não existir nesse país de m......, nessa cidade de m...... um serviço que tivesse poupado as abelhas.

Monte de abelhas
Picadas de abelhas é perigosíssimo.
Já atendi pacientes que não sobreviveram.
Morrem, geralmente de Insuficiência Renal Aguda.
Liliane

19 comentários:

Crocheteando...momentos! disse...

Liliane...devia realmente de haver um meio de as retirar sem as destruir ...mas não é algo vulgar e por isso ainda não se descobriu como!
Recordo de uma invasão semelhante...em Angola...na avenida onde morava...em que as abelhas se instalaram nas árvores!
Relativamente à canja...coloquei a gema por não ter os ovinhos da galinha!
Bj amigo

Eli Martins disse...

Nossa que dó!
Realmente já vi até reportagens sobre isso, que em caso de abelhas, vespas etc... não se tem a quem recorrer, e sempre matam para poder retirar.
Um absurdo mesmo.
Bjs

Patricia Merella disse...

Olá Liliane
Que terror e que pena!
Cá no verão temos muias abelhas,mas ela n picam,João morre de medo,beijinhos

dilita disse...

Liliane,

Que pena terem de morrer...
Sabe, aqui em Portugal há muitos apicultores. É bonito nos seus montes entre arbustos, ver as casinhas de madeira,onde as abelhas moram e trabalham (são as colmeias) alinhadas a espaços, parecem casinhas de brincar.
Isso foi um enxame delas que extraviou.
Um apicultor experiente, conseguia faze-las agrupar uma a uma, por elas próprias, sem picar ninguém. Chama-se enxamiar.
Assim extraviadas podem picar, é sempre doloroso, e em caso de alergia pode ser fatal.
Mas é uma pena o que aconteceu. Aqui um enxame tem preço elevado.
Gostei de voltar ao seu blog.
Abraço.
Dilita

Bell disse...

Que susto hein!!
Ui ui

bjokas =)

Ana Maria Braga disse...

Melhor elas morrerem do que a gente.
Bjs

Montana disse...

Liliane, foi uma pena não terem conseguido salvar as abelhas, mas pelo que conta não havia outra maneira.
Felizmente não atacaram ninguém. Bjs.

Debora disse...

Liliane,

Isso é perigosíssimo! Quando elas estão assim agitadas nem sei se é possível retirá-las sem matar. Nunca vi isso acontecer, geralmente as pessoas chamam os bombeiros, mesmo.

Você fez o que podia ser feito...

Sobre o post lá no blog, arandela é a luminária de parede, sim!

O meu pensamento viaja disse...

Liliane, atualmente, aqui, há uma praga de abelhas asiáticas perigosíssimas.
Destroem colmeias e são letais para o homem. Eu sou extremamente alérgica e, uma vez, na República Dominicana , fui picada por uma e fiz uma reação alérgica assustadora, Morro de medo de abelhas!

Caril é curry em inglês, um condimento usado na comida indiana.
beijo

Veronica Kraemer disse...

Lili querida, que dó das abelhas... Que dó, que dor no coração...
Eu nunca imaginei que elas fossem tão perigosas.
Beijossss e uma semana mará pra ti!
Vero

O meu pensamento viaja disse...

Se conseguir o contacto com a Deise, por favor me conta.
Beijo

O meu pensamento viaja disse...

Liliane, já mandei o pedido de amizade. A ver se ela responde.
beijo, querida.

Lilasesazuis Gata disse...

Nossa, abelhas?

Será que alguém tem um apiário em plena cidade??

Puxa, quantas, Liliane...eu nunca vi assim...pena que tiveram que matá-las.

Você tem razão...infelizmente o ser humano invade, se apropria do espaço dos animais e não oferece saídas, nem respeito às demais espécies.

Um dia apareceu uma abelha aqui e as gatas ficaram doidas atrás dela.

Eu correndo peguei um pano a capturei.fiquei com medo de algum acidente acontecer...fui soltá-la do outro lado da rua...não voltou mais!

Sempre lembro de você que chama pelas gatinhas estrelinhas para que suas peludinhas não esqueçam....eu também comecei a fazer assim...

beijinhos, fique bem!

Lígia e =^.^=

Lilasesazuis Gata disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lilasesazuis Gata disse...

Nossa, abelhas?

Será que alguém tem um apiário em plena cidade??

Puxa, quantas, Liliane...eu nunca vi assim...pena que tiveram que matá-las.

Você tem razão...infelizmente o ser humano invade, se apropria do espaço dos animais e não oferece saídas, nem respeito às demais espécies.

Um dia apareceu uma abelha aqui e as gatas ficaram doidas atrás dela.

Eu correndo peguei um pano a capturei.fiquei com medo de algum acidente acontecer...fui soltá-la do outro lado da rua...não voltou mais!

Sempre lembro de você que chama pelas gatinhas estrelinhas para que suas peludinhas não esqueçam....eu também comecei a fazer assim...

beijinhos, fique bem!

Lígia e =^.^=

Lilasesazuis Gata disse...

Nossa, quantas repetições...esse blogger continua doido...kkkk bjim

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane, eu tenho horror a abelhas, quando vejo alguma "casa" destes insetos eu passo bem longe... beijosss!!!

PequenaIv disse...

Olá Liliane, bom dia!
Pena mesmo das abelhas, mas você
solicitar ajuda e não encontrar é terrível...que País é esse? :(
Beijo
Ivete

Marly disse...

Oi, Lili,

Também senti pena das pobres abelhas, criaturinhas operosas, que produzem o mel que nós tanto apreciamos!

Um beijo