Minha lista de blogs

sábado, outubro 12, 2013

Pipas. Você soltou pipas?

Na minha infância morei em subúrbio distante do centro da cidade.
Eu dizia, porque não gostava do local, que morava no fim do mundo.
Mas, não tenho noção da distância que ficava, do centro da cidade.
A casa era do papai.
Tínhamos jardim e quintal, que nas minhas lembranças, era grandinho.
Não é brincadeira só de meninos.
E  gente soltava pipas.
Não havia a quantidade e opções de pipas que existe hoje.
Ou que já existia na época de meus filhos pequenos.
Mas, nós soltávamos pipas.
Sim. Eu amo pipas.
 Aqui na praia, um local bom, muito bom de soltar pipas, não vejo esse festival de cores, como das fotos encontrada no Google.
Com os filhos pequenos, na praia brinquei com eles, soltando Pipas. 
Muito legal.
Na volta para casa era uma confusão de rabo, linha, areia e normalmente, não conseguímos que a pipa durasse muito.
Pipas no vento da praia.
Quando éramos crianças, meu pai, que nunca foi muito jeitoso, conseguia fazer pipas para soltarmos na rua.
Rua que não tinha movimento de carros.
E fazia assim como essa imagem do "eletropipas".
A gente juntava os gravetos para meu pai, sentado conosco no chão do terraço, ir armando a pipa.
Ele usava folhas de jornal e papel de seda bem colorida.
Como se faz.
Vou organizar um Festival de Pipas.
Para adultos e crianças.
Aguardem.
Liliane

25 comentários:

✿ chica disse...

Eu nunca brinquei com elas,mas até hoje adoro vê-las ao céu a voar! beijos,chica e feliz dia das crianças!

Lilasesazuis disse...

SIMMMM!!!

E como brinquei de soltar pipas. Perseguia meu irmão mais novo, eu queria porque queria as pipas dele. Sempre íamos nos terrenos baldios da vila onde morava, e ficávamos com os moleques vizinhos empinando...ai...que saudades.

Uma vez passou um menino e falou que nunca tinha visto menina empinar pipa, eu nem liguei, respondi que agora ele já tinha visto...kkkkkk...

Mas, quando a minha pipa era cortada, eu nunca corria atrás dela, meu irmão que ia...kkk...eu ficava esperando...e ainda ficava brava se ele perdia a pipa para outro menino...kkkk

A linha era enrolada em uma lata de leite Ninho.

Meu pai nunca fez pipas para nós.

E eu adorava também as capuchetas. As minhas, eu mesma fazia de jornal. Adorava fazer as rabiolas...kkkk...

Festival de pipas, hummm...estou aguardando!!

Querida, tenha um lindo final de semana,

beijinhos,

Lígia e =ˆˆ=

AnaCristina disse...

eu AAAAAAAAAAAAAAMO soltar pipas! por aqui chamamos tambem de "papagaio"...vou levar essa imagem, pode? i ♥ pipa

Lilian Silva disse...

recorda é viver, e nada melhor do que uma linda lembrança, de como fazer a velha pipa, feliz dia das crianças!

Maria Carolina disse...

Oi Liliane!
Eu bem que tentei, mas não era muito boa nisso!rsrs

Bjos

Pedrita disse...

eu nunca soltei pipas. beijos, pedrita

Severa Cabral(escritora) disse...

BOA NOITE !!!!!!!!!!
A CRIANÇA QUE EXISTE EM MIM SAÚDA A CRIANÇA QUE EXISTE DENTRO DE VOCÊ...
FELIZ DIA DAS CRIANÇAS !!!!!!!

Nal Pontes disse...

Oi Liliane, brinquei de tudo de pipa, eu e meus irmãos era que fazíamos, também de bola de gude, barra bandeira, pião, espeto vc já brincou de espeto? eu gostava de subir em arvores era bom demais.E ainda entrava no pneu de caminhão velho e rolava até cai em qualquer lugar, imagina! ainda fazíamos competição de pneu para ver quem chegava mais longe alguém empurrava e a sorte era q decidia. Agente juntava dinheiro para premiar o vencedor. Eramos 7 irmãos com idades próximas era só brincadeiras. Mas tmb brinquei de boneca. Ah! gostei da competição de pipa fiz isso qd era gerente de um projeto social com os meninos, eles mesmos fizeram suas pipas subimos no morro e aja pipa no ar foi lindo. bjsss é bom recordar não é?

Nina Braz disse...

Oi Liliane,
Eu também sempre gostei de pipa e adorava fazer!
Mas confesso que minhas pipas não eram muito boas...
Beijos

Montana disse...

Aqui em Portugal chamamos "Papagaios". E em criança também soltei papagaios. Ás vezes ainda vejo crianças a brincarem principalmente na praia, fora da época balnear.
Bjs.

Crocheteando...momentos! disse...

Por instantes recuei no tempo!
Curiosamente...com os meus alunos construímos uma "pipa" (papagaio) e foi um sucesso...pois o vento soprou a nosso favor!

Angélica disse...

Yo decía que es pipa???? Entendiiiii volantín !!! Nosotros decimos ,, volantín,, yo vuelo muchos no mis niños

Bruxa do 203 disse...

Adoro pipas e as cores! Eu tinha, mas eu só brincava com ela, ficava correndo com ela na mão em dias de vento, mas soltar, soltar mesmo, acho que não.

Anônimo disse...

Nunca fui boa em empinar pipas, mas meu esposo adora, fez pipas enormes para as filhas eu até hoje adoro ver elas planando no céu.Faça mesmo o festival, vá ate o SESC eles organizam, ou te dão dicas de como realizar.
Boa sorte linda , beijos Marlene PR

sandra neiva disse...

Olá liliane,
oh nós aqui chamámos papagaios de vento, e no Verão até organizam um festival numa praia bem perto de mim, é muito giro.
Confesso que não tenho muito jeito para manejar o papagaio mas gosto bastante de ver.

Beijinhos

Pérola disse...

Em Portugal se chamam de papagaios.

Sim, brinquei e ainda os lanço.

Beijinhos

Silvia Mingardi disse...

Bom dia Liliane!
Eu também tive uma infância muito carregada de brincadeiras... aqui fazíamos pipa de sacolinha... hoje vejo que naquela época as coisas eram muito difíceis...
Depois de adulta soltei pipas de verdade... adorei... e aqui na minha cidade é muito bom... pois o vento ajuda muito... só tem o problema do cerol... mas graças a Deus nunca aconteceu nada de grave...
Como é bom recordar...
O nome da minha gatinha amarela é Pink e a outra uma pintada de três cores é Grazi...
meus amores...
Também tenho cachorros, galinhas, codornas... e por aqui ter galinhas o que não falta são passarinhos...
Fica com Deus!
Beijos!

Fabiana Tardochi disse...

Eu não brinquei com elas, meu negócio era boneca mesmo.
Mas meu caçula gosta muito e fez uma com o pai.
São momentos com pequenas felicidades poder presenciar isso.

Um beijo e boa semana

Patricia Merella disse...

Liliane,eu sou filha unica de treis irmãos,junto com meus irmãos,brinquei muito de pipas,era uma farra,o tempo bom...

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane, eu não soltei muitas pipas, mas ajudava meu irmão a fazer... na escola eu organizo todo ano um Festival de Pipas que faz o maior sucesso... beijosss!!!

Veronica Kraemer disse...

Lili querida, que tudo que será este festival! Quero saber de tudo!
Imagino as boas recordações!
Eu soltava pipas com meu avô e minha irmã, a gente amava! Que saudades que me deu agora!
Beijossssssssssssss
Vero

Zizi Santos disse...

Imagine um passarinho preso numa gaiola. Era eu na infãncia. Brinquei de pipa uma vez. Minha pipa não subia, pois fi feita com papel do Café Seleto.
Agora, eu adorava fazer peixinho com jornal.(conhece peixinho?) Empinava escondido.
Você teve um pai amoroso !
Zizi

Ju disse...

Oi Liliane,
Quando criança não apenas soltava pipa como fazia minha própria pipa! Aliás, onde nasci e cresci (Porto Alegre/RS), se diz "pandorga".
Acho lindo esse passatempo!

Beijo
Ju

Rosa Paula disse...

Soltei pipa, dessas bem simples. Adorava! Meus filhos também soltaram, mas não muito! Como é gostoso lembrar!
Tenha uma ótima semana!
Rosa
Le Paquet

Eva disse...

Obrigada pela resposta, vc foi muito gentil, Liliane. Eu tive uma história parecida, soltávamos muito, pipas, no sul chamamos de pandorgas, mas pipa é um nome mais bonito. O pai fazia as armações e eu enfeitava com papel de celofane e seda, adorava fazer pipas, agora não vejo mais isso por aqui. Meus filhos adoravam, tentei passar prá eles os meus brinquedos, perna de pau, telefone sem fio e pipas. beijos.