Minha lista de blogs

quarta-feira, junho 27, 2018

Retratos de uma obsessão




Acreditem! O engenheiro faltou ao encontro marcado pela 4a vez, hoje.
Marcou para as 8.00 h.
Até as 8.45 h não tinha chegado.
Subimos (eu e o vice-síndico) e não atendemos mais.
Fui! 
Não espero.
Remarcou para próxima 6a feira (29/06).
Como Jane, como Luli e como tantas outras pessoas corretas e e responsáveis, sei que nasci no país errado.
O problema é continuar no país errado, se comportando como se vivesse num país sério.
Não canso de dizer: SEM ORDEM NÃO HÁ PROGRESSO!

                  xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Mas hoje que quero comentar esse filme de Suspense que revi ontem, "Retratos de uma obsessão".
Para mim, continuou assustador.
Eu sempre fui uma médica que tem medo de psicopata(continuo tendo)
E o personagem do Robin Williams é um psicopata.

É um filme americano de 2002, cujo Diretor é o americano Mark Romanek.
O filme conta a história de Sy Parish, um solitário funcionário de revelação de fotos, numa loja de fotos e que funciona dentro de um Supermercado.
Ele desenvolve uma perigosa obsessão por uma família que ele acha perfeita, formada pelo casal Nina Yorkin (Connie Nielsen) e Will Yorkin (Michael Vartan).
E ele vai acompanhando a vida do casal pelas várias fotos que são deixadas para revelar.
O gerente do supermercado, Bill Owens (Gary Cole), não percebe a carência afetiva do seu funcionário (Sy Parish) que dá uma importância grande ao seu trabalho, certamente, porque tem oportunidade de se aproximar das pessoas.
O filme é muito bom e muito assustador.
Gostei de ter assistido novamente.
Liliane


16 comentários:

Pedrita disse...

esse filme é desconfortável. afe, que engenheiro folgado. ou desinteressado. ah, eu tenho a mesma sensação, q nasci em país errado. mas no meu caso a minha criação teve base estrangeira. meu avô era belga e a criação toda foi com base na responsabilidade, respeito ao próximo. então sofro muito no brasil tb. mesmo sendo brasileira. sim, esse filme assusta. mas é muito interessante analisar a obsessão. é um bom filme realmente sobre os mistérios da mente humana e seus desajustes. beijos, pedrita

Ana Freire disse...

Que chato, isso de não se respeitar compromisso!...
Quatro vezes, já é um pouco demais!...
Esse filme... ouvi falar... mas ainda não tive oportunidade de assistir... tendo imensa curiosidade, sobre o mesmo, contudo!... Para mais, depois da morte do actor principal... dado que ele mesmo, já não estava bem, faz tempo...
Beijinho! Continuação de uma boa semana!
Ana

Andréa Santana disse...

Olá, Liliane!
É muito chato quando alguém não cumpre com seus compromissos.
Muitos reclamam dos políticos e agem com desonestidades iguais a eles.
Eu ainda não assisti esse filme, pela resenha é desconfortável, tenho horror de pessoas com a mente obsessiva.

Beijinhos

Larissa Santos disse...

Ainda não foi?? Esse gajo não precisa de dinheiro, ou então é mesmo a falta de carácter :))


Por motivos profissionais, passo em vez do Gil... Lembrando o amor do passado

Bjos
Votos de uma óptima Noite.

Hugo disse...

Este filme eu não vi.

Sobre o sujeito faltar quatro vezes... que vergonha. Não sei qual a história, mas o ideal seria dispensar os serviços e procurar outra pessoa.

Fátima Oliveira disse...

Fico também indignada quando marcam um trabalho ou um compromisso e não aparecem, eu sempre procuro chegar um pouquinho antes do horário, mas nem todo mundo faz isso.
Liliane agora dei mais uma sumida, você diz que eu sempre faço isso, e é pura verdade, mas sempre tem um motivo, ou eu sou mesmo atrapalhada, rs, mas agora estive muito ruim, com depressão depois que minha mãe faleceu, adoeci de verdade, tô fazendo até tratamento psicológico e até tomando medicação controlada, mas já estou bem melhor, graças a Deus, só que ainda muito sem animo.
Beijos.

Os olhares da Gracinha! disse...

Liliane ainda não tinha ouvido falar no filme mas gosto do ator!
...
Quando ao não compromisso ... desejo que rapidamente se resolva!
bj

alfacinha disse...

Um grande ator ,infelizmente com muitos problemas mentáis.
Bjs

O meu pensamento viaja disse...

Realmente, intolerável. Faça queixa por escrito!

Quanto ao filme, não vi, mas acredito que seja otimo.

"Canícula" significa muito calor!
Beijo

Luli Ap disse...

Olá Lilianeeee
Siiiiim o problema maior é mesmo esse: nascer no país errado e se comportar como se fosse o país certo, porque parece que as pessoas não levam a sério comprometimento e responsabilidade.
Agora esse engenheiro merece mesmo é uma voadora bem dada :(
Fez bem em não esperar, eita que ele se acha o último biscoito do pacote!

Esse filme é um dos meus favoritos do Robin Williams!
Acho que é o melhor momento dele como ator (mais do que Sociedade dos poetas mortos)
Uma singularidade sobre solidão e jogos de aparência de convívio social.
A descoberta de que a família não era perfeita dispara o gatilho emocional de psicopata do "tio" Sy.
Aquele painel de fotos até hoje tenho medo :/
Excelente sua resenha!!!!!

Bjs Luli
https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

Isa Sá disse...

Nunca vi o filme, mas vou tomar nota!
Isabel Sá
Brilhos da Moda

Patricia Merella disse...

Tens toda razão Liliane! Eu te entendo! Este filme é otimo e este eu já vi. Tenho horror dos psicopatas! Beijinhos

Mina Jankovic disse...

Beautiful post, dear!
Following you! Follow back?
www.minnieart.blogspot.com

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... estava comentando sobre isso ontem, minha cunhada agendou
um eletricista e ele não apareceu, nem sequer deu satisfação, acho que vamos ter que fazer curso para estes serviços pois está difícil conseguir pessoas honestas e competentes.
O filme eu assisti há tempos e é assustador mesmo, o psicopata parece até um personagem de um livro que li: O Dragão Vermelho.
Beijosss

Christiane Garcia disse...

Liliane, é uma pena que as pessoas no Brasil sejam assim... É o tal jeitinho brasileiro, é uma coisa horrível.
Nunca assisti esse filme. Achei interessante. Deve ser assustador...
Vim desejar um ótimo fim de semana! bjs

Elisabete disse...

Isto é falta de sentido de responsabilidade.
Valha-lhe os filmes para desanuviar.
Bjs