Minha lista de blogs

domingo, dezembro 10, 2017

Minha mãe


Recebi, há uns 5 dias, de um irmão a foto lá de cima de nossa mãe.
Ele nem lembra de quando ou onde foi essa foto.
E numa foto seguinte ele está junto dela.
Mas, não consegue lembrar onde ou quando foi feita.

A outra foto mais recente é de minha mãe, sentada na cadeira de balanço no terraço da casa dela.
Dessa eu me lembro.

Mas o que me incomoda agora, nesse momento, é lembrar que em nenhuma ocasião perguntei de como minha mãe se sentia tendo criado, e bem criado, os 9 filhos.
E agora é tarde.
Liliane


20 comentários:

✿ chica disse...

Belos achados esses e pena o que não foi dito ou perguntado...Fica a lição! bjs, lindo dia! chica

Gil António disse...

Se a mães estiver viva nunca é tarde para lhe dizer: Eu te amo minha mãe. Se já não estiver neste mundo nunca é tarde para que, levantemos os olhos ao Céu e dizer: Desculpa minha mãe se nunca te disse: Eu te amo minha mãe

.
Hoje
Margens de sedução de branca espuma
.
Deixando um abraço de amizade.
Bom dia.
.

Teresinha disse...

Que boa recordação, Liliane!
Para meu consolo vejo os filmes e ouço as gravações da minha falecida mãe.
Por fim ela já repetia as estórias, mas eu continuava a registar tudo para memória futura... que é esta agora! De vez em quando ouço e vejo esses registos... mas não a posso abraçar e gostaria tanto de o fazer!
Agora sou eu que dou o colo a quem, um dia, sentirá a falta que eu hoje sinto!
Beijinhos

alfacinha disse...

São as boas recordações que devemos acalentar como um tesouro valiosos
Bjs

Pedrita disse...

ah, tantas perguntas que queríamos fazer. fica sempre a dúvida. tb gosto de realities. e os horários atrapalhavam mesmo. acabava meia noite, meia noite e meia e eu ficava elétrica, era difícil baixar a bola pra dormir. fiquei toda atrapalhada com o sono. beijos, pedrita

Patricia Merella disse...

Os que amamos nunca morrem Liliane. Eternizam em nós. Eu digo todos os dias à minha mãe que o amo. Sinto tanta falta dela. Não vejo a hora de tê-la comigo por um tempo. Eu penso q a sua mãe,teve muito orgulho de te ter como filha.

O meu pensamento viaja disse...

Liliane querida, há sempre arrependimentos, quando eles partem, mas temos de aprender a viver com eles. Sinto muita saudade dos meus pais e isso dói.
Beijo

Hugo disse...

Estas fotos antigas ajudam a manter viva na nossa lembrança as pessoas que se foram ou mesmo aquelas que se distanciaram.

Luli Ap. disse...

Olááááááá Liliane
Eu acho que as pessoas nunca se vão, elas vivem pra sempre em nossos corações!
Especialmente aquelas a quem mais amamos <3
Tenho certeza absoluta de que sua mãe tinha muito orgulhoso de ter criado muito bem os nove filhos.
Muitas vezes não dizemos ou não perguntamos, mas há coisas que não precisam ser ditas.
Estão lá nos gestos, no dia a dia, num sorriso, num abraço apertado, numa lembrança que se desbota com o tempo, mas que está lá.
Está lá num retrato, numa comida favorita, numa cor preferida.
Talvez esteja onde nunca foi falado, mas nas sensações.
Talvez ninguém nos ame mais do que nossas mães <3

Aaaaaahhhhhhh é muito fácil fazer as flores de led, é só fazer um furinho na florzinha de seda ou no miolo do fuxico e colocar a luzinha, mas tem que ser de led, pra não pegar fogo.
E fica bem bonitinho :D

Bjooooo Luli
https://Café com Leitura na Rede

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane, sempre vai existir uma pontinha de arrependimento, eu mesma
me pego pensando em tudo que poderia ter falado ou feito, mas agora o que
sinto é muita saudades... Beijosss!!!

Lete disse...

Lili, nem tudo precisa de ser dito... acredito que tudo foi muito sentido. :)
E sua mãe soube criar os seus meninos, tal como a Lili cria/criou os seus. Esses ensinamentos ficam connosco e fazem de nós o que hoje somos!:)
Beijinho, querida e fique só com as boas recordações, os doces momentos que teve com a sua querida mãe!

Isa Sá disse...

Há sempre alguma que achamos que devíamos ter feito e não o fizemos....


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Larissa Santos disse...

Linda :) Já não tenho há 24 anos :( Muita saúde para ambas.

Hoje:-Prometeste-me um dia d'amor em alto mar.

Bjos
Óptima Segunda-Feira

Elaine disse...

Sinto muito por sua mae.

Christiane Garcia disse...

Tenho certeza que o coração dela devia estar cheio de orgulho, alegria, amor e alívio. O sonho de toda mãe é ver seu filho bem encaminhado.
Penso que ela tinha o sentimento de dever cumprido e uma alegria enorme por ter uma família tão bonita! <3

Bell disse...

Recordações adoráveis.


bjokas =)

Mona Lisa disse...

Eu ainda não me habituei e nem sei se me habituo a nunca mais a ver.

Foi uma relíquia que recebeste.

Beijinhos.

Andréa Santana disse...

Liliane,
O que importa é que ela criou os 9 filhos bem criados.
Fica a saudade e as boas recordações. A vida é assim mesmo, todo mundo
tem que partir um dia, mesmo que dói perder um ente querido!

Beijos

Nal Pontes disse...

Que linda saudade. Ela foi uma guerreira por ter criado
09 filhos e os criou bem. Bjs querida

Ana Freire disse...

Certamente ela saberia que teria dado o seu melhor, com todos os 9... para mais se todos foram bem criados... não se martirize com tal, Liliane!
Muito bom, ter ficado com mais duas preciosas recordações de sua mãe!
Beijinhos
Ana