Minha lista de blogs

quarta-feira, agosto 09, 2017

Do meu filho e para o filho

Do Junior
Que mãe não se derreteria de amor ao encontrar esse bilhete do filho.
Eu me "derreti" e guardei até hoje.👆👆👆👆👆 .
Ele já escrevia assim.
A escrita mudou muito pouco.



Para Junior
E eu, mãe apaixonada escrevi isso para meu Junior (agora não é mais meu) numa crise de remorso por cobrar organização no quarto dele.
Que saudade, "visse"?
Saudades dói demais.
Melhor não pensar nela.

Liliane

17 comentários:

✿ chica disse...

Tão bom guardar e depois reler...Lindo e dá mesmo saudades! bjs, chica

Patricia Merella disse...

Eu guardo tudo do meu João! As fotos da escola,os bilhetinhos. Agente só tem saudade do que foi bom,pense nisto. Beijinho

Os olhares da Gracinha! disse...

Entendo_a muito bem!!!
Minha filha no Porto a uma hora de carro de Coimbra e apesar de estarmos tantas vezes juntas ... com 34 anos ... ainda me escreve cartas de amor de filha e eu adoro!
...
Aqui os 44 graus são secos e também não são fáceis de aguentar mas o ar condicionado do carro facilita a viagem!
Além disso ... eu paro muitas vezes para esticar as pernas e entro em cafés para beber algo fresco e conversar!
...
Portugal tem recantos espetaculares e é seguro viajar cá dentro ... mas há muita gente que prefere viajar para fora pois é chique!!!
Viajar cá dentro também fica caro por isso muitas pessoas compram viagens baratas e vão para fora!!!
Bj

Lete disse...

Uma ternura que faz doer... melhor não ver muitas vezes, as saudades corroem e de pouco (ou nada) valem ao nosso bem estar. :( Mas é impossível ficar indiferente.

Pedrita disse...

eu respeito a organização dos outros desde que respeitem a minha forma de organizar. acho que cada um deve viver como se sente melhor respeitando o outro e sua forma diferente de organizar ou viver no mundo. beijos, pedrita

Fátima Oliveira disse...

Lindo Liliane, é muito amor e carinho... guardar essas lembranças e anos depois ler, é bom demais. Eu deixo, (tenho um caçula bagunceiro) e deixava os filhos bem à vontade, só implicava com toalhas molhadas em cima da cama, rsss.
Beijos

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... eu também guardo tudo dos filhotes, agora estão na fase de escrever também e sai cada bilhete e cartinha linda, eu amo!!!
Beijosss

Luli Ap. disse...

oooooowwwnnnnn Liliane!
Poucas coisas são tão emocionantes quanto guardarmos essas memórias afetivas <3
Acho lindo como você "escreviveu"
Porque vivemos outra vez e nos transportamos para aquele instante
Acho bom sentir saudades, porque significa que vivemos bons momentos :)
Bjo enorme e estalado
Luli
Café com Leitura na Rede

Isa Sá disse...

A saudade é um sentimento dificil de gerir...

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Montana disse...

Que lindo Liliana! Fiquei emocionada. Também ainda tenho muito bilhetinhos da filhota e agora também da neta mais velha.
Bjs.

Maristela Guilherme disse...

Também tenho tanta saudades dos filhos quando pequenos.
As vezes penso que podia ter curtido mais.
Mas ainda estão em casa, apesar de vê-los só na hora do almoço e tarde da noite.
Entendo você. Essa saudade é linda.
bjs

Mona Lisa disse...

O teu filho é sempre teu.
Lugar de mãe nunca ninguém tira!

Uma relíquia, essas cartas!

Beijinhos.

Pedrita disse...

eu consigo gravar direitinho tb, mas tenho q sempre colocar sobra de horário. o max é o pior. dois filmes faltaram o final e levou anos pra passar de novo. hj já coloco uma sobra maior. em geral começar 15 minutos antes. e uns 20 depois, mas fiquei tão traumatizada q até exagero no antes de depois e fico um tempão procurando pra achar o começo pra ver. eu acho que cada um deve ser responsável com a sua organização ou falta dela. concordo plenamente q é insuportável um bagunceiro jogar a responsabilidade no outro. se quer ser desorganizado, quer perder as coisas, tem que arcar sozinho na procura e na compra do q perdeu. cada um tem q ser responsável. por isso nunca admiti interferirem no meu jeito de organizar, pq eu sou responsável pelo ônus e bônus dele. nem com as diaristas eu jogo a responsabilidade que é minha. tanto q sempre odiei quem quer colocar a organização de uma pessoa na minha. eu jamais desorganizei a organização do outro. já morei com amigas e nunca baguncei a área comum. mas nunca admiti que se metessem na minha área e no meu jeito de me organizar ou não. não sei se me entendeu. beijos, pedrita

FABIOTV disse...

Olá, tudo bem? E hoje em dia é tudo digital,,,,Tudo descartável.. Até as fotos.. Ninguém se lembra de imprimir... Fica lá no álbum virtual para futuro esquecimento...Abs, Fabio www.tvfabio.zip.net

Andréa Santana disse...

Olá, Liliane!
Eu tenho um filho de 24 anos, me senti nas suas palavras com o seu filho.
O tempo voa, tenho saudades do meu bebezinho.

Beijos, ótimo final de semana ♥

O meu pensamento viaja disse...

Liliane tenho imensas saudades de quando eles eram pequeninos. Acho que não aproveitei quanto devetia. Nao gosto de pensar nisso porque doi.

O gelado foi a sobremesa que escolhi. O meu marido que é muito guloso pediu o café gourmand.
Beijinhos

Ana Freire disse...

Mas recordar... também é saborear novamente esses momentos gostosos... agora que podem ser melhor apreciados do que na época...
Recordar... é viver de novo...
Beijinhos
Ana