Minha lista de blogs

terça-feira, junho 28, 2016

Dívida de honra


Acordei pouco depois da meia noite de ontem.
E como não perco tempo, liguei a TV e assisti esse filme de Faroeste maravilhoso.
Acho que Hugo e Pedrita vão gostar.
Ou até já assistiram.
Não sou fã de Faroeste. Mas esse, bom demais.
Já tinha começado o filme e terminei sem vê o final, porque cochilei
Mas nada que não possa dizer que é um bom filme.
Gravei e vou vê o inicio e o finzinho.


Hilary Swank
É o ano de 1854. 
E a personagem de Hilary Swank(Mary Bee Cuddy), por mais que seja forte e independente, guarda uma profunda mágoa devido à solidão que sente. 
Os homens não se interessam por ela.
E lá sai ela numa carroça, puxada por 2 cavalos e tendo mais 2 cavalos de reserva, atrás da carroça, recolhendo 3 mulheres que sofrem de distúrbios mentais.
Tommy Lee Jones , um criminoso (Georges Brigss) terá sua vida de crimes, salva por Mary Bee, quando aceita por conta do dinheiro que receberá no final, acompanha-la.
Ela precisa e confia nele para essa jornada.

Meryl Streep
 A viagem é complicada e cheia de perigos. Assustadora.

Com as doentes mentais
É aqui, nesse local, em Iowa, num local cuidado por um Pastor que ela vai deixar as 3 mulheres depois da longa viagem pelo Oeste americano.
Lá elas poderão viver em paz e ter tratamento.
Tommy Lee Jones- é o Diretor 
Quase no final do filme a personagem de Hilary, se enforca, e Goerges Briggs  (Tommy Lee Jones), continua a jornada até deixa-las em Iowa.
A solidão e o desprezo que o personagem Goerges Briggs, tem por ela, como mulher, é a causa por desistir da vida, eu achei.
Hilary Swank



Tommy Lee Jones, sempre formidável, para mim, é o Diretor do filme.
Tommy Lee Jones

Bom se todos os dias eu conseguisse dormir bem pouco.
Liliane

16 comentários:

Mona Lisa disse...

Não vi o filme, mas tendo Meryl Streep como uma das actrizes deve ser bom.
Obrigada pela partilha.

Beijinhos.

Pedrita disse...

vou procurar. beijos, pedrita

Anajá Schmitz disse...

Uma bela dica, pois agora no inverno ficamos mais em casa.
Bjos, tenha uma ótima semana.

Hugo disse...

O contexto da trama sobre a luta da mulher em um mundo bruto como o oeste americano é interessante, assim como algumas situações bizarras como as mulheres que enlouqueciam.

O filme peca um pouco no ritmo, um tanto arrastado.

A dupla principal tem grande atuação.

✿ chica disse...

Deve mesmo ser bem bom! Legal! boa dica! bjs, chica

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane, eu acho que já vi a chamada deste filme por aqui... faroeste é um gênero que não me interesso muito... Beijosss!!!

*estou melhorando da gripe, mas tomando um monte de remédios, obrigada pelo carinho!!!

PequenaIv disse...

Olá Liliane, bom dia!!!

Deve ser um bom filme pelos atores que
são maravilhosos.
Beijo
Ivete

*

Ana Maria Braga disse...

O bom é que vc. gostou.
Sei como vc. gosta de filmes.
Bjs

lenalima disse...

ESE AINDA NÃO VI, GOSTO DEMAIS DOS ATORES....VOU VER! BJ

Crocheteando...momentos! disse...

Liliane...já vi e gostei!
O elenco é fabuloso...bj

Crocheteando...momentos! disse...

Liliane...já vi e gostei!
O elenco é fabuloso...bj

Patricia Merella disse...

Este filme é ótimo eu amei.beijinhos

Patricia Merella disse...

Este filme é ótimo eu amei.beijinhos

Pedrita disse...

é muito lindo esse filme, mas muito triste. comentei no meu e mencionei no seu blog. beijos, pedrita

Pedrita disse...

spoiler: eu acho que ela se suicidou por ter sido rejeitada em casamento por duas pessoas diferentes. os dois disseram que ela era mandona. o outro disse que ela não tinha atrativos. naquela época sem poder casar, não havia sentido viver. pode ser isso. mas a subjetividade, a não certeza, é a grande mágica do filme. gostei sim e agora tive estrutura pra ver embora tenha ficado triste.

Zizi Santos disse...

Uma boa indicação
para um filme interessante!
Mas o enredo é triste! poxa!