Minha lista de blogs

quinta-feira, novembro 21, 2013

Minha mãe virou saudades.

Mamãe virou saudades.
Não podia ser diferente diante do quadro pós- parada cardíaca.
Não acredito em milagres.
Lido péssimo com morte.
Acho que todos lidamos.
Essa história de que está indo para um lugar bom é conversa mole.
Se alguém acreditasse mesmo nisso, não se agarrava a qualquer coisa para ficar aqui.
Lugar bom é  lugar que a gente conhece.

A casa dela
Mamãe adorava a casa dela.
A casa grande, onde cabia os filhos todos em dias de festas.
E cabia uns poucos amigos, também.
A árvore que sombreava a calçada.
A tardinha mamãe gostava de sentar na calçada, com a serviçal.
Detestava ficar sozinha.
Adorava barulho, movimento. Como eu.

Saudades dói "pra cacete".
Liliane

54 comentários:

rose japan disse...

Liliane!!! com certeza e o melhor agora sao as boas recordações que terá da sua maezinha, sei q dói, aqui no jp sinto essa dor qdo a saudade bate e n posso estar perto, eh como faca que atravessa o coração mas aos pouquinhos...mas o bom eh q ela passa Liliane, as dores amenizam...e ficam guardadas no coração os bons momentos, as lindas recordações ....essas sempre tenho comigo....

Desejo que fique bem, meus sentimentos .
Bj grde rose jp

✿ chica disse...

Dói sim,Liliane! meus sentimentos e recebe um abraço bem apertado, desejando que as recordações doces te acompanhem e amenizem a saudade! beijos, fica bem!chica

KINHA disse...

Olá Liliane

Sei que dói amiga, mas felizmente vc tem belas lembranças de sua alegria, das coisas boas que ela lhe deixou, mas sei também que hoje nada lhe confortará. Chore bastante, acho que é a única coisa que ainda nos causa um certo alivio, nestas horas difíceis.

AMIGA DA MODA by Kinha

KINHA disse...

Pode contar sempre com este ombro amigo.

Marisa Valadas disse...

Um abraço bem apertado!

Flávia Mergulhão disse...

Saudade dói pra cacete,sim...mas aos poucos vamos aprendendo a trabalhar com isso. Ninguém quer ter as pessoas amadas longe. Mas elas ficam eternamente guardadas dentro da gente,num lugar especial,nosso coração!
Minha mãe está há 14 anos dentro do meu.
Fiquem em PAZ!

Aline - Receitazada disse...

Poxa vida, que coisa mais triste! Na verdade só quem perde sabe a dor que é...qdo eu perdi minha oma, que era minha segunda mãe, fiquei sem chão....fazem 8 anos já, mas não me conformo até hoje em ter perdido ela e volta e meia quando escuto alguma musica que me lembra dela me pego chorando. Sei que não será fácil, a morte nunca é e ninguém consegue compreender e aceitar, mas faz parte do ciclo da vida.... colocarei seu nome em oração para que Deus possa ao menos confortar seu coração e amenizar sua dor. Sinto muito mesmo. Se quiser meu contato, não posso fazer nada, além de ser um ombro amigo nessas horas...meu e-mail é receitazada@gmail.com Conte comigo para tentar superar esse momento tão doloroso. Fique em paz. Beijos

Mona Lisa disse...

Nestes momento tão dolorosos as palavras são parcas.

Deixo-te o meu abraço apertadinho.
Força!

Beijinhos.

Ana Maria Braga disse...

Pessoas queridas, deixam sempre muita saudade. Mas, diante do quadro em que estava, ela descansou.
Bjs, amiga.

Nina Braz disse...

Oi Liliane,
Ontem, não te vendo por aqui, imaginei que alguma coisa assim pudesse ter acontecido, que pena.
Te desejo muita força para enfrentar os momentos difíceis.
Beijos

✿⊱Lilasesazuis✿⊱by Lígia✿⊱ disse...

Ah…querida amiga!!!

Inventamos céus, inventamos mundos, mas…na verdade ninguém sabe o que realmente acontece…

O que sabemos e sentimos com muita dor, é a ausência!!!

Os dias passam…a ausência insiste!!!!

E não há como alterar a realidade!!!

Aos pouquinhos, com o passar dos dias, do tempo, a gente acomoda a ausência no coração e segue…até chegar nossa vez - querendo ou não!

Fique bem, fique com as boas lembranças…(ah, as ruins também virão, claro).

A saudade??? ahhh…não tem como se livrar da danada!!

Beijinhos e muita paz no seu coração.

Lígia e =ˆ.ˆ=

Pedrita disse...

sinto muito. a perda é sempre difícil. se já lidamos mal com separações, filhos que casam e saem de casa, casamentos que se acabam, q dirá alguém q a gente não pode mais ligar pra saber como está. concordo plenamente com vc. minha mãe tb é muito ligada a casa dela. acho q nós mulheres costumamos ser, apesar q meu pai tb. se cuida e coragem pra suportar essa tristeza. beijos, pedrita

Maria Carolina disse...

Oi Liliane,
Gostaria de expressar meus sinceros sentimentos.
Vivi essa experiência em 2011, quando perdi minha mãezinha tão amada. Dói muito, acredite, eu sei, mas como você mesma disse, devemos nos apegar às lembranças doces que apenas as mães são capazes de proporcionar.
Deus não nos desampara, Ele nos ajuda a enfrentar situações como essa, então só o que posso te dizer é que eu entendo sua dor e sei que não é fácil passar por isso, mas saiba que Deus é contigo e daqui a algum tempo a dor começa a diminuir e dar lugar à saudade.
Um abraço apertado e muita força!!!

AnaCristina disse...

:-(

Ana de Geo disse...

Sinto muito. Muito mesmo. Força.

Maria Alice disse...

Se dói? Dói muito ., mas são essas lembranças boas que ficarão para sempre. beijos

Fátima Oliveira disse...

Oi Liliane,
Geralmente não sei o que dizer nessas horas, só abraço forte...
Fica bem amiga, ( não é fácil, eu sei)
Beijos!!!!

Duendes disse...

Nesses momentos nao tem palavras certas.....mas saiba que te mando um abraço forte de quem ja passou por isso e sabe como dòi....
ate breve ,
Duendes.

Lia Gloria disse...

Dói... e deixa fluir.
Eu também não acredito em lugar melhor. Por isso, procuro fazer o melhor para mim e para todos, por aqui mesmo. Esse negócio de ficar sendo bom para garantir um lugar no celeiro dos céus, é falsidade.

Ficam as recordações. O choque quando deparamos com o finito é imenso, apegue-se às boas lembranças.
Força, amiga. Um grande abraço na tua dor.

bjs

M de Maria Ateliê disse...

Oi Liliane,
Esse é um daqueles 'momentos sem palavras'.
Sim, dói mesmo.
Guarde sempre as boas lembranças, pois elas trarão conforto.
Fiquem bem e muita força para todos.
bjs

Helena Pereira disse...

Olá Liliane.
Lamento muito a sua perda. Imagino a dor e a saudade. O importante agora são as boas lembranças que não se perdem e ficam para sempre. Um grande abraço e muita força para você.

dilita disse...

Olá Liliane.

Apenas um abraço afectuoso.
Todos sabemos que a morte existe, mas nunca a esperamos.Nunca estamos preparados para a receber em nossa casa de ânimo leve.É sempre um choque que nos abala, e do qual ficamos a sofrer. Sei do que falo,já foi há seis anos, e parece-me que foi agora.
Para mim com a morte acaba tudo, não me agarro a sonhos. Os nossos continuam a viver sim, apenas dentro do nosso coração.
Um beijinho com desejos de coragem.
De Portugal.
Dilita

Andreia Lica disse...

Meus sentimentos. No ínicio vai doer, com o tempo a dor continuará, mas será mais branda, até chegar o momento em que ela será como uma cicatriz. Que não dói mais, mas que estará sempre com você.

Um abraço bem apertado.

RENATA REIS disse...

Sinto muito, um abraço apertado, beijos!

Simone Felic disse...

O que falar nesta situação , nada pois nada alivia a sensação de nunca mais veremos aquele ente querido.
meus sentimentos.
bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Crocheteando...momentos! disse...

Liliane...imagino sua dor na perda de quem se ama!
A vida reserva-nos sempre este momento...onde nenhuma palavra nos consola...onde cada lágrima carrega um pouco do nosso amor!
No seu coração...haverá sempre um lugar reservado para sua mãe...com todos os momentos partilhados ao seu lado!
A vida não vai continuar sem ela!
Apenas você vai caminhando...sentindo-a a cada passo da sua vida...em dimensões diferentes!
Bj amigo!

lenalima disse...

Esse tipo de perda dói muito, fere e nos deixa para baixo...mas com o tempo a dor ameniza e só ficam as lembranças boas!
Gosto do jeito como vê as coisas...
abraço de conforto!

Mira disse...

Liliane, a morte é mesmo o pior
inimigo da humanidade, assim dizem
as Sagradas Escrituras, por isso
ninguém lida bem com esse terrivel
inimigo, força amiga, a sua mãe
ficará para sempre no seu coração
beijos

Nal Pontes disse...

Oi, Liliane, meus sentimentos pela partida de sua mãe, sei como vc está se sentido. E o quanto é difícil e que palavra alguma pode consolar neste momento. Alguém já disse que: “A MORTE É O FIM DO DISCURSO DO HOMEM E O INICIO DO DISCURSO DE DEUS” A única certeza que temos é que um dia todos nós morreremos. Seja forte a dor ficará cada vez menor e se
transformará em saudades, que vai te acompanhar para o resto da vida. Fica a boa lembrança que se tornará em carinho. Bjsss te desejo muita força nesse momento.

Jôka P. disse...

Deus que está no céu nos esperando é uma invenção dos homens com medo da morte, como um personagem Disney. Deus e o Pato Donald são a mesma coisa: nada. E assim é a morte. Vamos para o nada. Por isso inventaram santinhas virgens com filhos bons e milagrosos. Como criamos o Pato Donald, para nos confortar. E também não há conforto, só uma fagulha de luz, uma passagem de vida que se apaga. E a escuridão na eternidade da inexistência, para onde todos nós caminhamos. Por isso, vamos aproveitar a vida enquanto ainda estamos aqui. Sem culpas, pois o pecado também é uma mentira criada para tentar nos controlar. Acredite na vida, e só nela. Viva e aproveite cada momento. Um beijo, amiga! Jôka

Veronica Kraemer disse...

Lili querida, sinto muito muito muito...
Não tenho palavras, e deixo aqui meus sentimentos.
Imagino as saudades e a dor... Se você precisar de qualquer coisa, me escreva. De verdade.
Beijos com carinho
Vero

Angélica D disse...

Lil querida que pena ,, estoy sin palabras,, que se puede decir?.. Sólo que lo siento mucho,,,
Un gran beso y abrazo de Chile

Anônimo disse...

Essa dor da perda, é horrivél, mas que fazer se não enfrentar.
Fica em paz amiga
Super abraço Marlene PR

Maria Claudia disse...

Oi querida Liliane, deixo aqui um forte abraço com muito carinho para ti, desejando que seu coração suporte esta dor. Seja forte! Só o tempo irá acalmar seu coração.
Bjsssssssssss

Nil disse...

Liliane, nenhuma palavra consegue transmitir, nestes momentos, o que sentimos. Fica um vazio enorme, e com o tempo, vira uma doce saudade dos momentos lindos que vocês viveram com sua mãe...
Sinta-se abraçada...


Silvia Mingardi disse...

Sinto muito Liliane!
Um forte abraço!
Beijos!

Pamela Sensato disse...

Saudade é uma palavra pequena mas dói muito e trás tristezas!!!
Sinto muito pela mamãe, só que uma certeza eu tenho, contigo ela sempre estará!!!!

- Post novo no blog sobre SAPATOS ;)

Beijoss *-*

==> Blog Resenhas da Pâm

Christiane Garcia disse...

Liliane, meus sentimentos para vc e sua família.
Creio que sua mãe está em um lugar melhor, ao lado do Pai.
As lembranças da sua mãe com certeza vão te acompanhar sempre...
Um grande abraço.

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... realmente é uma perda muito dolorosa, mesmo que falemos tantas vezes que estamos preparados para conviver com a morte nunca estamos realmente... meus sentimentos, um abraço super apertado e que você tenha bastante saudades dela, pois isso é bom também, é mil vezes melhor do que sentir arrependimento... beijosss!!!

AnaCristina disse...

meus sentimentos Liliane, meu comp.esta no conserto, beijos mariazinha

Patricia Merella disse...

Doi muito Liliane,machuca,deixa a gente para baixo,sem forças,sem ar..sinto muito,espero que voçe fique bem,sinta-se abraçada.Em Maio o tempo é agradavel,nem calor nem frio,tomara que der certo a sau vinda por ca e agente possa se encontrar,beijinhos

sandra neiva disse...

Liliane,
custa sempre muito esta situação, mas acho-a muito forte e vai conseguir ultrapassar tudo acredito que sim.

Beijinhos

Nal Pontes disse...

Oi Liliane, voltei aqui para te dar um abraço. Que vc seja forte e que as boas lembranças de sua mãe, fortaleça a vc e toda a sua família. bjsss

Montana disse...

Lamento muito e dói também muito.
Agora ficam as doces recordações e a muita saudade.
Beijinhos grandes.

Ivani disse...

Sinto muito , sei o que é saudade, faz um tempão.
Também acho que lugar bom é nossa casa, nossa terra.
Você vai se acostumar com esse sentimento, devagar.
Um beijo, fique em paz.

Bruxa do 203 disse...

Que pena! Sinto muito.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
O meu pensamento viaja disse...

Nem sei que diga, minha querida!
É muito triste e não há como contornar a tristeza e a dor.
Um forte abraço

Déa Prado disse...

Sinto pela partida da sua mãe.
Não tem palavras que possam diminuir a sua dor.
Te desejo força...
E que as lembranças boas sejam suficientes para que você suporte a dor.
Beijos carinhosos.

Rosa Paula disse...

Querida, sinto pela sua dor! Receba meu carinho e abraço mesmo de longe.

Zizi Santos disse...

Oi Lili
e como dói essa saudade!
e parece aumentar a cada dia que passa
Ela fica ali presente, mas precisamos amortece-la para não sofrer em demasia.
Te desejo força e esperança nos dias que virão dessa ausência.
Doces lembranças virão para substituir a perda daquela que te deu a vida, o sorriso e a alegria.
beijos
Zizi



Lilicutes disse...

Imagino como dói ter que fazer uma postagem assim Liliane e espero que o tempo amenize sua dor, pois sei que passar não irá.
Como sou adventista acredito que todos dormimos a espera de nosso Senhor. Essa é minha fé.

Bjs

Kaku

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Nossa Liliane...meus sentimentos! estou passeando em seu Blog e vejo esta postagem!
Concordo com tudo que vc disse viu...e fica a saudade, muita!
Beijos e fique bem!
CamomilaRosa

♥Entre, a casa é minha! disse...

Liliane querida, me desculpe pela ausência. Passeando um pouquinho por aqui me deparo com essa postagem, querida, só quem já passou por isso sabe como é a dor. Meus sentimentos! Um forte abraço!