Minha lista de blogs

terça-feira, maio 22, 2007

Analfabeto, budismo?

Ontem atendi um adolescente de 13 anos que estava na 5ª série do 1º grau e completamente analfabeto. Não sabia dizer a data de nascimento. Aliás quando perguntei a data de nascimento ele nem sabia o que era isso. Tentei de todo jeito fazê-lo entender o que eu perguntava e ele com cara de completo idiota. Dei uma caneta e mandei escrever umas besteiras lá e ele não acertou nada. Como pode? Não sei. Que ensino é esse? Também não sei.
Estava acompanhado da mãe que tinha uns 56 anos e parecia ter uns 70. Usava um cocó nos cabelos e aquela saia quase nos pés, típico de "amem jesus" e de "pés roxo", ou seja, evangélicos fanáticos. Mas, ela era simpática e estava preocupada com o filho. Nota 10 para ela.
Orientei-a a procurar o responsável pelo colégio e informar que o filho não sabe nada e não tem condição de ser aprovado. Nisso ela concordava e já tinha reclamado algumas vezes. Sem sucesso.
Encaminhei-o para uma avaliação pedagógica e vamos vê no que vai dar. Mesmo que ele tenha um deficit intelectual, o sistema de ensino não pode aprova-lo. Não, esse país não tem jeito.

Assisti hoje no SEM CENSURA, com Leda Nagle uma convidada falando que quando virou budista(Se vira budista? Não sei. Não entendo.) ficou mais calma, passou a meditar e se desfez de um monte de coisas de dentro da casa. Sou diferente. Completamente diferente. Quero coisas dentro de casa, quero continuar ativa e inquieta e nunca, nunca mesmo meditar.
Descansar e meditar só no corpo dele.
Liliane

6 comentários:

Luciane disse...

"...só no corpo dele." UAU! Nota 10 Liliane! Poderosa!
Respondendo a tua pergunta, alguns cachorros como doberman e boxer têm os rabos cortados, quando ainda são filhotes. Dá uma peninha! Já vi até gato sem rabo, que é a coisa mais horrível do mundo. Mas não te assusta que meus gatos têm rabo, aliás belos rabos. hehe
Legal a gente poder ter opiniöes diferentes. Afinal, ninguém aqui é maria vai com as outras, né Liliane?
Abraço pra ti e obrigada pelos teus comentários lá no blog.

junior disse...

Liliane, conheço um rapaz de 23 anos que não sabia o que é "pedestre", pode? Claro, é brasil.
Beijos

Moura ao Luar disse...

Oh tadinho... realmente a educação anda pelas horas da morte

JoSefa disse...

Oi Liliane.. Que tristeza este país! E ainda querem aprovar os alunos, mesmo que eles não tenham nota o suficiente! Pelo menos aqui no Rio de Janeiro, AGORA, vai ser assim: os alunos PASSAM de ano mesmo sem nota suficiente, quer dizer, o número de ignorantes e analfabetos vai aumentar.
Sabe, às vezes acho que nasci no país errado, embora tenha cidadania espanhola.
Que pena...
Mas, quanto ao sal moído: - vc não viu a minha explicação lá no Culinária da Zefinha?
Vou repetir: o sal marinho é encontrado em grãos ou pequenos cristais. É um sal mais puro, sem substâncias químicas. Você coloca os grãos num moedor e mói na hora sobre os pratos.
É parecido com o sal grosso muito usado em churrascos, mas diferente no sabor.
Beijinhos e mais uma vez obrigada pela visita e volte sempre!

HiranAbif disse...

Pois é Liliane, é assim que os políticos querem. Uma educação deficiente, para que um povo inculto fique mais fácil de manobrar. Gosto de umas meditações, mas viver disto não é mole não, sou como você, nada como o nosso mundo. Beijos do Hiran.

Susana Jas disse...

Liliane !


A foto da sua gatinha esta' linda !
Chic !
O meu velho gato esta' indo bem com o tratamento. A gente sabe que, devido `a idade e ao cancer, um dia desses a luta termina.
Mas, estamos oferecendo o melhor que podemos para ele.

Quanto ao caso do garoto, acho deprimente. Nem da' para comentar. Triste mesmo.


Um abraco,

Susana