Minha lista de blogs

terça-feira, junho 05, 2007

Cachorro(a) na rua

Hoje, cedinho, quando ia para o trabalho, vi um cachorro, encostado na muralha do viaduto. Infelizmente não pude parar e fiquei arrasada o resto do percurso até chegar ao Hospital. Até quis voltar mas o retorno é muito longe.
Minha impressão é que o cãozinho estava acidentado. Precisava de socorro. E ele parecia feinho.
Na volta para casa, no via de retorno, tentei olhar para vê o bichinho ainda estava lá. Não consegui vê. E chovia.
Quem sabe amanhã, encontro-o. E posso ajuda-lo.

Tenho visto no noticiário a onda de frio, maravilhoso frio, que chegou ou que anda chegando. Aqui, nada. Só um pouco de chuva. O calor continua aloprado. Desligue o ar-condicionado do seu carro e sinta o aloprado calor.

Os jornais daqui noticiaram o assassinato de um colega médico por um ex-paciente com quem tinha um envolvimento. Foi assassinado num apartamento que mantinha para esses encontros. Pediatra num Hospital e Tisiologista num Posto de Saúde. Trabalhava com ele nos 2 locais. Morávamos perto. Casado e com 2 filhas. Falávamos de casa, de escola, de família e de medicina. Nunca percebi a vida dupla que terminou matando-o.

O treinamento no SAMU, consegui me sair bem. Com possantes joelheiras e 01 comprimido de Dorilax.
Liliane

5 comentários:

Dani disse...

Também morro de pena de bichinhos assim, tenho o coração muito mole... até adotei o Samuca, lembra? Agora ele está forte, alegre e levado como sempre! :-)

Que história essa, hein? Às vezes convivemos com pessoas sobre as quais sabemos muito pouco, e notícias como essa nos pegam de surpresa.

Aqui está fazendo muito frio, haja cobertor!!!

Melhoras para os joelhos, viu?

Beijinhos.

Blogue da Magui disse...

Esse pessoal é maluco.Mesmo dando notícias desse tipo nos jornais tem gente que não acredita no risco.Tenho pena é da esposa pelo risco que ela correu em pegar doenças mortíferas.
Por aqui o frio chegou mas só à noite.

Luciane disse...

Tadinho do bichinho, Liliane.
Deixa eu te contar que meus gatos, agora que está começando o verão aqui, resolveram vir pra casa quase que todo dia com o resultado da caça deles. Väo na floresta que tem atrás do meu pátio e caçam camundongos, passarinhos e até filhotes de coelhos. Largam na porta da frente da minha casa. Dá uma dó!
Quanto ao seu colega, quem vê cara, não vê coração. Tem uns quantos que estão na mesma situação e acabam sendo flagrados de calças na mão. É um horror! Mas não merecia morrer por isso.
Beijo pra ti.

rubo medina disse...

Tragédias, minha querida, tragédias!!! E sobre esse seu amigo, quem pode afirmar que ele levava "vida dupla"? De repente levava apenas aquela que você pensa que era outra... rs.
P.S. - assistiu Desperate Housewives ontem? Pense...
Beijos, bom feriado.

Zana disse...

Tenho dó dos bichinhos abandonados...

E esse seu colega, heina? Não posso sair julgando o cara, mas ter caso com paciente e além de tudo ser casado e com filhos, hmmmm.

bom feriado pra vc!
bjks