Minha lista de blogs

terça-feira, março 19, 2013

19 de março

As lembranças que tenho de criança deste dia, 19 de março, é que esperávamos papai voltar do trabalho para plantarmos milho. 
Era uma festa.
Todo ano era assim.
Não lembro até que idade isso aconteceu.
Papai organizava uma fileira de buracos para enterramos os grãos de milho.
O quintal nem era grande, mas dava para que cada filho, uns 4 ou 5 filhos na época, tivesse marcada a sua plantação.
Todo dia quando a gente voltava da escola, regávamos a fileira plantada.
Era um festa quando a planta começava a germinar.
Todo dia a gente olhava e olhava.
No final de período, acho que junho, pouco se tinha a colher.
Mas a gente nem ligava para isso.
O legal era vê o pé de milho crescer para a gente brincar no quintal, de se esconder.
Esta semana, soube que o dia 19 de março seria o dia em que dia e noite teriam o mesmo nº de horas. E que o nome é Equinócio. 
Mas pesquisando por aqui, agora, o Equinócio seria em 21 de março.
Então não sei o que 19 de março tem com a plantação de milho.
Só sei que em criança, nós plantávamos milho.


Outra lembrança que tenho do nosso pequeno quintal era das bananeiras.
Não lembro de cachos de bananas.
Não lembro de comer bananas das nossas bananeiras
Mas lembro muito bem das mil brincadeiras que fazíamos entre as bananeiras.
E de balançar pendurada em folhas de bananeiras.
A memória se apaga e não lembro do fim das bananeiras

Depois de grande, muito grande, passei a ter uma paixão enorme por bananeiras.
Se dá janela do carro vejo bananeiras, a vontade é parar e olhar até cansar.
Plantei bananeiras nos jardins em redor do estacionamento do Hospital e plantei bananeiras no jardim aqui do edifício. Aqui no jardim, várias vezes.
As do Hospital cresceram.
As do jardim, continuam emperradas.
Essas imagens lindas pesquisei no Google.
Liliane

36 comentários:

Ju disse...

Oi, Liliane

Linda história! Bom demais recordar os tempos de infância, tempos em que era tão fácil ser feliz!

Um ótimo dia para você!

Beijinho
Ju

✿ chica disse...

Quantas recordações voltaram nesse dia,não? Gostei de ler! beijos,chica

Zizi Santos disse...

Que lindas recordações da infância!
Provavelmente seu pai plantava nessa data por ser dia de São José.
quanto ao equinócio, ele varia as datas que podem ser 19,20 e 21.
Segundo a internet, só em 2028 é que o equinócio será no dia 19 de março.
quanto as bananeiras, Liliane, que ideia boa , foi a sua de plantá-las. !
Te admiro
Zizi

KINHA disse...

Olá Liliane

Doces lembranças. Adorei saber um pouquinho de sua história.
Ótima 3º feira...

AMIGA da MODA by Kinha

quaseprendada disse...

Que gostoso lembrar da infância com carinho, coisas simples que seu pai ensinou e te acompanham até hoje, muito lindo. BJÔ

Ana Maria Braga disse...

Essas recordações da gente ficam para sempre. Bjs

carol guezdan disse...

Oi minha querida Lili,que lembranças lindas e cheias de significado.O teu papai ,muito sabiamente,ensinou a enxergar milagres,a ajudar a que os milagres aconteçam e a colher os frutos do esforço.independente do dia,que bela lembrança!!.
Beijinhos Lili.

Ju disse...

Oi, Liliane
Obrigada pela visita!
Então, Holambra é a maior produtora e exportadora de plantas e flores do Brasil. A cidade em si não é muito florida, por incrível que pareça!
Mas há as propriedades que produzem, nas estufas. São produções em escala industrial. Há uma cooperativa gigantesca, a Veiling (holandesa) que reúne a maior parte dos produtores. É nessa cooperativa que acontecem os grandes leilões para comercialização da produção.
Também há as floriculturas na cidade, que comercializam para o público em geral tudo que se produz aqui. Sem falar nas feiras anuais, principalmente a Expoflora, a maior feira de plantas e flores da América Latina, que acontece no mês de Setembro, há 30 anos! É uma boa época para se conhecer a cidade e seus encantos!
Holambra foi fundada por holandeses, no final da década de 1940. O nome é a junção das primeira sílabas das palavras Holanda - América - Brasil.

Beijinhos
Ju

Jane Quintela de Carvalho disse...

Oi Liliane... adoro relembrar fatos da minha infância e este relato que você fez é muito interessante... porque não escreves um livro??? acho que tens muitas histórias bacanas para contar... beijosss!!!

Marly disse...

Oi, Lili,

Que belas recordações, é impressionante como guardamos com carinho certas memórias construídas na infância, ná? rsrs.
Acho que o costume do seu pai tem mais a ver com o fato de o dia 19 de março ser o dia de São José, santo cultuado aí no nordeste como o padroeiro das boas chuvas (e das boas plantações, consequentemente), do que com o equinócio. Eu descobri essa devoção nordestina a São José lendo os livros da Rachel de Queiroz, rsrs.
As fotos publicadas são lindas!

Um beijo e boa tarde!

Bia Jubiart disse...

Lili, viajei na sua memória verde, milho realmente no interior lembra a infância,deu até vontade de comer pamanho rsrsrsrs
Doces lembranças...

Bjoooooooo

Mira disse...

Olá Paula, você perguntou-me, o que são 10 miras, eu passo a explicar,eu não posso pôr no blog o preço das coisas, então ponho 10
miras, que equivale a 10 euros e
em reais são 30 ,percebeu? beijo

Mariazinha disse...

legal o meu pai no dia de são jose plantava alho, na hora de colher, alguem já tinha levado, beijos

M de Maria Ateliê disse...

Oi Liliane,
Fiquei curiosa, fui olhar no Google rs
Achei que é dia de plantar milho para as festas de São João, uma tradição do nordeste, principalmente do sertão.

Mas independente da tradição, o mais legal foi trazer lembranças!
Deve ter ficado muito bonito o estacionamento...
bjs, ótimo final de dia!

Prata da casa disse...

Olá Liliane: adorei a história do dia do pai. Que lindo plantarem o milho e depois cuidar dele e vê-lo crescer.Umaexcelente memória da infancia,sem dúvida.
Bjns e obrigada pelo seu comentário tão simpático.
Bjn
Márcia

Toca do trico e croche disse...

Li,
quero retribuir seu carinho...
Deixe seu endereço em meu email
sonia_defaria@hotmail.com

O guardanapo de papel aceita muito bem o etamine...é surpreendente como fica lindo...e não descola.
Eu usei "Cola para découpage em tecido". Você encontra em lojas que vendem produtos para artesanato.
Vou fazer um sache bem lindo e te mando!
Amei sua postagem...é muito bom recordar nossa infância...fiquei com saudades da minha.

Beijinhos!

Sonia Faria

Montana disse...

Que lindas recordações do seu pai e da sua infância!
Por cá a 19 de Março comemora-se o dia do Pai.
Beijinhos.

O meu pensamento viaja disse...

As memórias da infância nunca se desvanecem. As suas são lindas!

Lilicutes disse...

O mesmo apego que vc tem com o milho e a bananeira tenho pela plantacao de cha. E por esse motive entendo perfeitamente suas lembrancas.

Beijos e obgda pelo carinho ao meu cantinho. Seja bem vinda,

Kaku

Anônimo disse...

Oi Liliane, olhe outra coisa dia 19 de março e dia de São José, milho plantado nesse dia tá bom para consumir no dia de São Pedro e São João. Amei saber das suas brincadeiras, seu pai devia se muito carinhoso.

Beijos Marlene-PR

Solange Honorato disse...

Que gostoso lembrar da infância da gente, né? Pude ver que você tem lembranças maravilhosas. Lili, Lembro que na minha infância plantávamos batata doce no quintal de casa e na hora da colheita (tirá-las debaixo da terra) era sempre uma surpresa! Apostávamos para ver quem conseguia achar a batata maior. rsrsss Que delícia... Bjs!!!

Nina disse...

Que bela memória Liliane,
Adorei sua história, fiquei com sorriso nos lábios imaginando a cena.
Obrigada por dividir com a gente!
Beijos

rose japan disse...

Oi Lili belas recordações...que serão guardadas p sempre ...

Liliane, chegou a caixinha do correio ontem e eu ameiii minha amiga, lindos os fuxicos e logo farei alguma coisa com elesss...

Nossa Lili poxa obrigada viu de coração que Deus possa te recompensar por isso...logo estarei enviando o da Su...E tbm estarei fazendo um post.

lili hj postei fotos de rua como vc disse que gosta passa lá.

bjinhos rose jp

rose japan disse...

Liliane minha amiga o q sig isso??? Vou dar uma olhadinha no google Lili...pq aqui meu filho fala o portugues mas mais conversas do dia a dia,,,,traducao medica ja eh mais dificil....entao ele me traduziu assim....que o osso se desgastou e esta c uma ponta e isso que esta afetando toda essa parte eh bem desconfortante mas tomando remedio essa noite pude dormir melhor

E qto ao restaurante vem pessoas do japao todo, a comida eh muito gostosa...a pururuca hummm so em falar ja da vontade..,muito boa e vai sim japoneses que apreciam a culinaria brasileira

Bjsss rose jp

Vânia Andrade disse...

Oi Liliane, amei suas histórias, também plantei milho com o meu pai uma vez, rsrsrs
Beijos

Favo de Mel disse...

Bela história menina, minha linda passei para agradecer sua gentil e carinhosa visita. Desejando um próximo fim de semana maravilhoso e volte mais vezes por aqui. Beijos

Ivani disse...

seria porque 19 de março é dia de S.José? pode ser né?
e voce sabia que o lugar mais propicio para voce encontrar uma cobra enrolada é no pé de uma bananeira?
porque alí é sempre úmido e fresquinho. Verdade! é o que dizem por aqui, credo!
adorei saber um pouco de sua infância, que deve ter sido bem feliz com um paizão carinhoso.
Um beijo querida.

Veronica Kraemer disse...

Lili querida, que lindas hostórias, me fizeram viajar!
Eu amo bananeiras também!!!
Bom a gente cultivar as lembranças, que nos tornaram quem somos!
Bjos e uma linda noite pra ti
Vero

Sue disse...

Oi Liliane adorei seu post, vc me fez recordar dos tempos de criança ,eu tb plantava milho junto com minha mãe...ela abria os buracos e eu ia atrás plantando dois grão de milho em cada buraco nossa me passou um filme em minha mente como foi bom poder relembrar,obrigada pelo lindo post...as flores de fuxico ainda não chegaram pra mim quando chegar te aviso.

bjinhos Sue.

Eva disse...

Que lindas tuas lembranças, fico imaginando você no meio do milho com o cabelo clarinho. Tenho bananeiras em casa e amo também, quando comprei a casa elas estavam escondidas no meio do mato do pátio de cima, meu pátio tem 3 niveis, e aquele nível era puro mato, mandei limpar e apareceu, bananeira, pereira, laranjeira e muitas árvores, fiquei feliz. beijos amei muito seu post.

Imaculada disse...

Querida Liliane!
Belas e deliciosas lembranças de sua infância... Amei!
Ao ver uma plantação de milho e bananeiras, vou lembrar de ti.
Abraços! Feliz Outono e um final de semana radiate.

M de Maria Ateliê disse...

Oi Liliane,
Tudo bem?
Ótima sexta e finde por aí!
bjs

arte da sadhia na cozinha disse...

oi linda bom final de semana
ahh do iogurte grego tem um sabor diferenmte o grego é mais incorpado e pode ser usado no lugar do creme de leite em algumas receitas ...mas acho que o sabor ele ligt é mais levinho porem com a mesma cremosidade
bjus

Bruxa disse...

Gostei da sua postagem, pois me levou mais uma vez à minha infância.
Na pequena chácara da minha avó, sempre havia plantações. E a festa era exatamente plantar e brincar no meio dos milhos. Se nascia alguma coisa bem, se não nascia, valeu a festa...
As bananeiras ainda estão por lá, lembrança da vó e do vô que já partiram há tempos. De vez em qdo dá pra comer alguma banana. Tempo bom...

Abração e fica com Deus.

Nina disse...

Oi Liliane,
Só passei para deixar um beijinho!

Maria Alice disse...

Vivendo e aprendendo!
Plantamos milho (eu e marido)no comecinho de março, não sabia que 19 era um dia bom de se plantar.
Equinócio????Não conhecia esta palavra.Liliane e suas postagens!!!!