Minha lista de blogs

domingo, outubro 29, 2006

Festa/Crepes


Ontem, 28 de outubro, comemorei no meu apartamento os aniversários de minha filha Érica e da minha amiga Francy.
Festa com minha família e amigos.
Uma festa com crepes.
Crepes salgados e doces.
Deliciosos.
A crepeira Gabriela em atividade.
Os amigos escolhendo os molhos e recheios, para os crepes.
Liliane

Festa/crepes


Ontem, 28 de outubro, comemorei no meu apartamento, com crepes, os aniversários de minha filha Érica e da minha amiga Francy.
Tudo delicioso.
Muitos presentes.
Adoro dar e receber presentes.
Aniversario sem presentes, para mim, não vale.
Uma reunião de amigos nota 10.
Gabriela a crepreira.
Liliane

terça-feira, outubro 24, 2006

Estou muito bem

O assunto do meu blog anterior não tem nada a vê comigo. Acreditem. Não neste momento. E espero que esse tipo de dor nunca mais faça parte de minha vida. Só de minhas lembranças. E eu nem sou de "lembrar lembranças" dolorosas.
Eu comentei o artigo que li do José Ruy Gandra na revista VIP, porque gosto muito do jeito que ele escreve. E sempre leio, e até guardo, quando ganho a revista de uma amiga.
Mas eu sou frágil, muito frágil para dores.
Liliane

terça-feira, outubro 17, 2006

Dor sem remédio


Li um artigo de José Ruy Gandra, na VIP de julho/06, cuja capa tem a linda Adriane Galisteu onde ele diz que todo mundo tem ou já teve uma "dor sem remédio".
Cita, no artigo, a dor sem remédio, de José Saramago.
Eu tenho algumas. Ou melhor, já tive algumas.
Dores enlouquecedoras.
Liliane

quinta-feira, outubro 12, 2006

terça-feira, outubro 10, 2006

Érica

Minha gata de 02 patas está doente.
Em casa não sou médica. Não quero ser. Não devo ser.
Ontem sai do trabalho mais cedo e fui leva-la ao médico. Não dá mais para segura-la no colo, mas bem que dá vontade ou dá saudades, não sei direito.
Na volta já fomos ao laboratório fazer exames.
O resultado chegou hoje via internete. Tomei um susto. O exame é sugestivo de uma bruta infecção. Não sei onde.
Amanhã vou repetir o exame até para acompanhar a evolução. E se o resultado continuar como o de hoje? Fazer o que?
Na volta para casa passamos por uma carroça puxada por cavalo. Passo mal quando vejo carroça puxada por cavalo. Dá vontade de descer e carregar a carroça. Da vontade de dar umas tapas no carroceiro.
Liliane

sexta-feira, outubro 06, 2006

Meu gatil




Estou indo "plantonar".
Deixo aqui meus amores de 4 patas.
Faltou a cadela Lana Cristina. Não houve tempo para procurar a foto.

Vai aqui a ciumenta e linda gata preta, Samantha, a moleca Julie Christie e a Sara Jéssica com um lindo sinal da testa.

Os amores de 2 patas ainda estão dormindo.
Durmam queridos.
Amanhã mamãe estará de volta.
Liliane

quarta-feira, outubro 04, 2006

Vídeo e etc.

Amanhã, 5ª feira, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Saúde, vai fazer uma reportagem com o Hospital. Temos umas obras em final de construção e muito importante para o funcionamento. Acho que vamos ser o único Hospital Público onde o Programa de Atenção ao Idoso (P.A.I.) terá um ginásio coberto e completo. O Programa tem também um Coral (Coral Fonte da Vida) que tem dado shows em suas apresentações.
Outras obras também estão sendo concluidas.
A reportagem é para um jornal bimestral da Secretaria de Saúde. E para o site da Secretaria. Afinal temos que apresentar. É preciso mostrar o lado positivo do serviço público de saúde.
Mas eu estou em pânico total. Pânico por dentro. Por fora continuo trabalhando normal.
Vou me esconder por trás dos meus óculos, poderosos óculos. Com meu espelho posso brigar. Com as lentes de uma câmara, não. Melhor me prevenir.
Desejem-me boa sorte(risos)

Não concordo quando escuto dizer que os outros governos ou governantes foram corruptos, para justificar a corrupção no governo atual. E daí? E por que eu não me espelho em quem não foi corrupto? E por que não me espelho em quem faz certo e melhor que eu? Oxente! Isso é típico de povo safado.
Para mim não importa o tamanho da erro. É erro do mesmo jeito.
Liliane

domingo, outubro 01, 2006

Os pinguins/World trade Center

Assisti ontem "A marcha dos pinguins" e achei que é muito lindo. Fiquei até com vontade de ter um pinguim em cima das geladeiras, se ainda tivesse espaço.O texto deixa a gente emocionada, mas confesso que aprendi pouco sobre eles. Não entendi porque batem as asinhas, não entendi porque as vezes caminham arrastando a barriga, não entendi porque não avançam nos grandes pássaros que vem comer os filhotes. não aprendi quanto tempo leva um ovo, chocando. Isso vou ter que procurar numa enciclopédia. Se alguem souber, me ensine logo.
Mais o filme é lindo e os pinguins são lindosssss.

Assisti ontem, no cinema, o filme de Oliver Stone sobre as torres gêmeas. É um horror imaginar que pessoas possam ter morrido porque as pancadas na cabeça com o desabamento, tenham-os deixados desacordados e impossibilitados de gritar. E certamente umas poucas pessoas morreram sem essa chance de atendimento. Ficar acordado e gritar vale muito numa hora dessas.
Sou apaixonada pelos Estados Unidos. Quero continuar apaixonada. Quero morrer com essa paixão.

Ontem vi num Jornal da Globo, um pernambucano que nem sei porque perdeu o avião da Gol que caiu lá pela matas de Mato Grosso. Acho um absurdo uma pessoa dizer para "todo brazil" que foi deus que lhe salvou. Ô cacete! E por que o deus não salvou o avião todo? É ser egoista demais. Tô fora.

E vamos votar contra o "molusco". Please, não é hora de votar nulo ou em outro candidato. É hora de votar contra ao molusco.
Liliane